Regressão do sono aos 12 meses: o que fazer?

regressão do sono

O seu bebê está crescendo! O tempo passa tão rápido, não é mesmo? Aos 12 meses de vida, o pequeno já se encontra em uma fase de desenvolvimento super rápida! Há tanta coisa para explorar, experimentar e aprender que ele não tem tempo para dormir! É nesse período que ocorre a regressão do sono.

A principal característica dessa regressão, que geralmente ocorre entre os 11 e 13 meses, é a forte resistência à hora de dormir, tanto nas sonecas durante o dia quanto à noite, resultando em despertares noturnos frequentes com choros ou gritos.

regressão do sono
Regressão do sono coincide com fases de muitos aprendizados. (Fonte: Pexels)

Regressão do sono: o que fazer?

A regressão do sono é algo normal e geralmente dura por um período de 2 a 6 semanas. Apesar de ter uma maior ocorrência entre os 11 e 13 meses, ela pode aparecer em qualquer idade, normalmente quando os bebês estão passando por um momento de grande aprendizado.

Mas calma, essa fase passa! E, para ajudar neste momento, separei algumas dicas valiosas:

  • Mantenha as sonecas: Com tanta resistência, muitos pais se perguntam se chegou a hora de mudar a rotina de 2 sonecas para somente 1. Nesta idade, a maioria das crianças ainda precisa de 2 sonecas diárias. Então, a minha recomendação é continuar colocando o seu filho para dormir durante o dia nos horários em que estava acostumado a dormir.
  • Não crie novos hábitos: Não tente uma nova técnica para colocá-lo para dormir, não mude os horários, não faça nada além do que você já fazia antes na hora de dormir. Muitos pais tendem a adotar novas estratégias no desespero, mas isso só vai bagunçar ainda mais a rotina.
  • Retire qualquer luz do quarto: A partir das 18h ou do pôr do sol, já deixe o quarto em que ele dorme totalmente escuro. Até a luz fraca da babá eletrônica pode ser o motivo de o seu filho estar mais agitado durante o período de regressão do sono.
  • Imponha limites: O seu filho está muito ocupado explorando o mundo e não quer dormir, mas ainda é pequeno demais para saber a importância do sono para o seu desenvolvimento. Este é o seu papel: deixe claro que ele precisa dormir e que isso não é negociável.
regressão do sono
Dormir não é negociável. (Fonte: Pexels)

Mais algumas dicas

  • Atividades durante o dia: Estimule sua imaginação e seu aprendizado ao máximo durante o tempo que ele estiver acordado. Leve-o para atividades ao ar livre, assim ele entenderá mais facilmente a diferença entre a noite e o dia, compreendendo que a noite é para dormir.
  • Rotina clara: Prepare a rotina de forma que ele entenda que depois de uma atividade específica é hora de dormir. Por exemplo: almoçamos, vamos ao quarto, lemos um livro e vamos dormir.
  • Coloque-o na cama um pouco mais cedo: Essa é a única mudança na rotina que eu recomendo durante a fase de regressão do sono. Com a resistência para dormir, seu bebê deve estar dormindo menos e ficando mais cansado, o que contribui para a sua irritação. Comece a levá-lo para cama um pouco mais cedo do que o de costume até a fase acabar.

Conteúdo cedido por Paula Roitman, formada em Pedagogia pela UFRJ e especializada em sono infantil pela Baby Sleep Consultant NZ. Conheça seu projeto, o Magic Dreams, e não deixe de acompanhá-la em seu Instagram.

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…