Cuca de banana igual a da vovó

cuca de banana

A banana é um alimento tão versátil que, com ela, é possível preparar vários pratos, sejam eles doces ou salgados. Aliás, a cuca de banana é um exemplo, algo que aprendi a fazer com minha avó. Por sua vez, ela aprendeu a receita com uma amiga que possuía raízes alemãs.

Trata-se de um bolo de tabuleiro feito com ovos, manteiga, farinha de trigo e coberto de açúcar. Primeiramente, na Alemanha, seu nome é “Streuselkuchen”; “kuchen” significa bolo, e “streusel” quer dizer “granulado” ou “flocos”. Ou seja, a tradução “bolo de flocos” se refere à nossa cuca de banana com farofa.

Surgiu na antiga Silésia e Prússia, locais de onde inúmeros imigrantes alemães embarcaram para o sul do Brasil no final do século 19. Inclusive, é tão tradicional na Alemanha que é muito comum encontrá-la em festas típicas de celebração da cultura alemã aqui em nosso país, como a Pomerana de Pomerode e o BlumenKuchen, festival de cucas de Blumenau.

Apesar de ser popular em todo o país, o nome “cuca”, no Sul, se refere a bolos e pastéis de tabuleiro que seguem os modos de preparo tradicionais alemães. Resumindo, são geralmente cozidos ou assados diretamente em um tabuleiro (backblech) sem forma (backform).

Já a nossa cuca de banana, ou bananenkuche, em alemão, é uma versão única da gastronomia brasileira. Teria surgido a partir da vinda dos alemães ao Brasil, que acabaram por adaptar o prato.

Leia também:

Mas o que vai nela?

Enquanto aqui no Brasil os ingredientes mais utilizados para a elaboração da receita são massa, farofa, uva, banana e goiaba, na Alemanha as coberturas mais populares são feitas de maçã, mohn (semente de papoula), cereja e zwetschge (um tipo de ameixa).

Como principal elemento da versão alemã na receita de cuca, destaca-se a manteiga. Isso porque, desde a Idade Média, a manteiga era um artigo de luxo, utilizado para distinguir a nobreza do restante da sociedade.

Reinventada e reinterpretada inúmeras vezes desde então, a atual atração da gastronomia alemã é a Erdbeerekuche (cuca-de-morango). Diferente da manteiga, que era a estrela da cozinha da nobreza, o morango naquela época era considerado um alimento vulgar, por rastejar no chão na plantação.

Outra curiosidade interessante é que a cuca antigamente não era um prato comum, e sim raro, servido apenas em ocasiões especiais, como Natal, Páscoa e outras datas importantes. Isso porque a farinha e o açúcar eram ingredientes muito caros.

Demorou bastante até a cuca tornar-se um prato popular na Alemanha. Entretanto, desde que se espalhou, o servem com frutas da estação. Dentre elas, pera, cereja, damasco, ameixa e maçãs.

cuca de banana
Cuca de banana: perfeita e sem defeitos! (Reprodução)

Receita de cuca de banana

Vamos aprender agora como fazer essa receita de cuca de banana deliciosa?

Cuca de banana

Ingredientes
  

Para a massa:

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 xícara de açúcar
  • ½ xícara de leite
  • 1 ovo
  • 3 bananas maduras
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Para a farofa:

  • 1 xícara de açúcar
  • ½ xícara de farinha de trigo
  • ¼ de xícara de manteiga amolecida
  • Canela em pó a gosto

Instruções
 

  • No liquidificador, bata ½ xícara de leite, 1 ovo e 2 colheres de sopa de manteiga amolecida.
  • Em outro recipiente, misture 2 xícaras de farinha de trigo e 1 xícara de açúcar.
  • Despeje o conteúdo do liquidificador nos ingredientes secos aos poucos.
  • Com a ajuda de um fouet, misture tudo até obter uma massa lisa.
  • Adicione 1 colher de sopa de fermento e mexa rapidamente.
  • Despeje a massa em uma forma untada com manteiga e farinha.
  • Espalhe 3 bananas maduras cortadas em rodelas na massa.
  • Para fazer a farofa, coloque em uma tigela: 1 xícara de açúcar, ½ xícara de farinha de trigo, ¼ de xícara de manteiga amolecida e canela em pó a gosto. Misture tudo com as mãos.
  • Polvilhe a farofa sobre a massa da cuca.
  • Leve para assar em forno pré-aquecido a 200 ºC por 35 a 40 minutos.
  • Espere esfriar, desenforme e está pronto para servir!

Video

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…