Esfiha de carne: passo a passo para fazer em casa

5 from 2 votes
como fazer esfiha de carne fechada

Esfiha de carne que faço desde sempre com minha mãe! Porém, eu me surpreendi quando percebi que esta receita ainda não estava por aqui! Ajudava minha mãe quando criança. Inclusive, na adolescência me reunia com amigas para fazê-las. E desde que me casei faço a receita tradicional.

Aliás, acho que repito as mesmas histórias de quando morava em Santa Albertina para o Fe. Afinal, é uma receita nostálgica. Portanto, não tem como não contá-las repetidas vezes! Nossas Festinhas de aniversário sempre tinham estas esfihas de carne. Eu e minha irmã do meio já nos aventuramos até em vendê-las. Isso porque, a receita é do tipo sensacional. Massa bem macia, recheio suculento.Então, testa aí e depois me conta se não é maravilhosa!

Qual é o rendimento da receita de esfiha e como conservar?

Rendimento:

Esta receita rende muito. Nesse sentido, umas 60 unidades de esfiha de carne pequenas e aproximadamente, 40 esfihas maiores, do tamanho da palma da mão.

Conservação:

A esfiha de carne conserva bem congelada por até 3 meses no freezer. E tem validade de 3 dias na geladeira.

Portanto, você pode fracionar a receita ou aproveitar e congelar algumas para um eventual lanche da tarde.

Como congelar esfiha de carne

Asse as esfihas normalmente conforme a receita. No entanto, atente-se só para não dourar muito. Isso porque,  é para não dar chance da massa ressecar no descongelamento.

  • Após esfriar dispor em uma assadeira;
  • Depois, leve ao freezer por umas 2 horas para o pré congelamento;
  • Então, coloque todas pré congeladas em saquinhos zip;
  • Desta maneira, é só retirar a quantidade que deseja e descongelar direto no microondas por 1-2 minutos ou no forno convencional para dourar.

Amo esta praticidade de ter sempre um lanchinho em mãos!

Passo a passo do fechamento da esfiha de carne:

Achatei uma bolinha de massa de esfiha fermentada e adicionei no centro da circunferência o recheio de carne garantindo pelo menos 1 dedo de massa sem recheio para puxar e fechar. Depois, é só unir a parte superior da massa fazendo um funil.

Após, o fundo é puxado para cima e com o encontro da massa a esfiha é fechada. Lembrando que, precisamos apertar forte estas emendas e evitar que nelas se encontre algum pedacinho do recheio. Isso poque, é preciso evitar que a massa se abra quando estiver assando.

Se você gostar, pode pincelar gemas sobre a esfiha para dar um acabamento brilhante antes de levar ao forno.

É possível fazer massa de esfiha integral?

É possível! Nesse sentido, substitua 50% da farinha de trigo branca por farinha de trigo integral. Isso te garantirá uma massa mais nutritiva. Visto que, a farinha de trigo integral é rica em fibras.

Outros recheios para a esfiha

Já te expliquei neste post de esfihas de frango como faço o recheio molhadinho do frango para rechear minhas esfihas. No entanto, outra opção interessante é de calabresa ou peperoni acebolado. Nesse sentido, doure a calabresa em fatias junto de cebolas, adicione queijo no recheio para uma versão menos seca.

Inclusive, queijo muçarela ralado e orégano fica super saboroso também. Aliás, carne de planta moída funciona muito bem para a versão vegana.

Como fazer esfiha de carne para vender?

Uma opção é vender as esfihas pré assadas e congeladas. Acima te expliquei como faço para congelar. Mas, no caso de vendas, é um pouco diferente. Então, pré congele suas esfihas e acondicione em bandejas descartáveis, cubra com plástico filme e etiquete com nome da preparação, validade e forma de descongelamento.

Pense em utilizar uma balança para padronizar o tamanho da massa. Este é um item necessário para quem quer trabalhar com comida para vender. Gosto de embalagens descartáveis rasas para comercializar esfihas, assim se consegue disponibilizar sem que elas se sobreponham.

Fermento biológico fresco x fermento biológico seco

A conversão é simples e pode ser utilizada para qualquer receita com fermento biológico seco que queira converter para fermento biológico fresco. O peso do fermento fresco é sempre 3 vezes maior que o fermento biológico seco. Por exemplo para a receita da massa de esfiha utilizamos 10 g de fermento biológico seco, para substituir por fermento biológico fresco utilize 30 g, ou seja, 3 vezes o volume.

Para fazer a conversão oposta utilize a mesma técnica. Para cada 30 g de fermento biológico fresco, utilize 10 g do fermento biológico seco, ou seja, divida por 3 o volume total. O fermento em pó para bolos nunca substitui o fermento biológico.

Procurando outras receitas de lanches saborosos? Confira essas:

Esfihas de Carne Fechada

Nossas Festinhas de aniversário sempre tinham, eu e minha irmã do meio já nos aventuramos até em vendê-las, a receita é do tipo sensacional, massa bem macia, recheio suculento. Testa aí e depois me conta se não é maravilhosa!
5 from 2 votes
Tempo de Preparação 40 mins
Tempo para Cozinhar 40 mins
Tempo Total 1 hr 20 mins
Course caseiro, lancheira, lanches
Cozinha brasileira
Quantidade 40 esfihas médias

Equipamento

  • assadeira baixa
  • Recipiente grande para mexer os ingredientes da massa
  • Forno convencional

Ingredientes
  

Ingredientes da massa

  • 1 pacote pacotinho de fermento biológico seco (10 g)
  • 6 colheres (de sopa) de açúcar
  • 1 colher (de sopa) de sal
  • 2 xícaras (de café) de óleo de girassol (100 ml no total)
  • 4 xícaras (de chá) de leite morno
  • Farinha até dar ponto aproximadamente 1,5 kg.

Recheio de carne

  • 1 Kg de carne moída crua
  • 4 unidades de tomates em cubinhos
  • 2 unidades de cebolas em cubinhos
  • 1 xícara (de chá) de cheiro verde picado ou 1/2 xícara (de chá) de hortelã,
  • Sal a gosto.

Instruções
 

  • Comece untando e enfarinhando 2 assadeiras,
  • Pré aqueça o forno em temperatura média.
  • Misture todos os ingredientes do recheio e leve para a geladeira.
  • Misture os 5 primeiros ingredientes da massa em um bowl grande e vá adicionando xícaras da farinha uma a uma mexendo as primeiras com uma colher até que se dissolva e não fique gruminhos de farinha, quando a massa começar a pesar a colher é hora de usar as mãos, sove a massa acrescentando a farinha aos poucos, você saberá que a massa já está boa quando tiver em mãos uma boa massa elástica e fofa!
  • Coloque a massa para descansar até dobrar de tamanho, dai é só fazer tiras e cortar em uma superfície enfarinhada pedacinhos de massa para montar sua esfiha. Prefiro cortar toda a massa em bolinhas que são do tamanho da palma da mão, coloco em fileiras embaixo de uma toalha para a massa continuar seu repouso sem ficar em contato direto com o ar, assim ela continua crescendo e não formará aquela casquinha.
  • Abra a massa circular com as mãos, coloque o recheio bem no centro, una duas extremidades juntando a massa no centro, ai é só ir apertando com as mãos até formar um biquinho, para fechar nossa esfiha só unir a parte aberta ao centro e fechar, formando assim o triângulo da esfiha! As minhas são cheias de personalidade, umas ficam mais bicudas, outras mais gordinhas, mas na hora de assar elas se igualam!
  • Terminando de preencher os espaços de uma assadeira leve ao forno e continue preenchendo a outra assadeira, enquanto você finaliza sentirá o cheirinho vindo do forno! Retire as esfihas assim que estiverem douradas! E para a sorte sua e da sua cia terão esfihas prontas antes mesmo de terminar toda a leva!

Notas

Tente fazer com outros recheios da sua preferência!

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

34 respostas

  1. Acabei de fazer e olha… obrigada por compartilhar a receita da sua mãe! Que delicia! Fiz a massa na máquina de pão e deu muito certo!! Vou fazer outras mil vezes

    1. Ai, Bianca, chegamos a chorar um pouquinho de emoção, hahahaha. Que incrível! Estamos aqui para isso. Obrigado pelo depoimento <3

  2. Oi..tenho uma dúvida..no caso vou fazer as esfihas hj pra uma festa amanhã….posso deixar montadas na geladeira para assar só amanhã ou tenho q fazer o processo de pré assar msmo assim?

    1. Oi Thathy
      O ideal é sempre fazer o pré cozimento da massa, mesmo que você só vá consumi-la no dia seguinte, e depois armazena-la na geladeira.
      Confira mais receitas deliciosa aqui no nosso blog e comenta pra a gente o que achou
      Beijos 🙂

    1. Que bom que gostou!
      Muito obrigado pelo comentário, Grazielle.
      Volte sempre! Temos novidade o tempo todo 🙂

  3. Pingback: Lanches para congelar - volta às aulas | A casa encantada
  4. 5 stars
    Bom dia. Gostei da sua receita. Mas vc poxeria colocar a quantidade de oleo em ml. Estou perdida com a quantidade que vc colocou. Muitoadri obrigada

  5. Pingback: 15 receitas para a lancheira mais gostosa da escola | A casa encantada
  6. Pingback: Como Fazer Tabule - Receita Fácil e Simples | A casa encantada
  7. Pingback: 13 receitas de massa de esfiha para se deliciar com a culinária árabe – Receitas do Dia
  8. Pingback: 13 receitas de massa de esfiha para se deliciar com a culinária árabe – Mari Carvalho
  9. Pingback: Bolinho de carne moída de boteco | A casa encantada
  10. Bom dia Ariana,

    tenho acompanhado seu bolgo há algum tempo. Já experimentei algumas de suas receitas, todas aprovadas!
    Como que cozinha reinventa as receitas, já aprendi a rechear com queijo e tomatinhos, os pãezinhos de cebola. Ficaram ótimos… também utilizei alguns para cortar em pedacinhos e torrar. Excelentes croutons para aquela sopinha…
    Porquinho no coberto, é outra que repito sempre no lanche ou encontro em família. Aproveito a massa para diversos recheios e formatos!
    Mas, mesmo assim, suplico por socorro!!!! rs Há anos tento fazer esfihas e não consigo… Com sua receita, a massa abriu na hora de assar… elas não deram certo… o que posso ter feito errado?

    obrigada !!!

    1. Celia, desculpa a dempora em responder, encontrei esta manhã seu comentario nos spans junto com alguns outros! Obrigado! Fico super feliz em ver suas dicas maravilhosas! <3
      Vamos tentar entender o que pode ter dado de errado, quero muito que de certo para você!
      Ao fechar as esfihas tem que colocar pressão nos dedos para grudar bem as extremidades,
      outra coisa que pode influenciar é o sulco da carne, ela não pode estar muito molhadinha se não estoura a massa, para isso se quiser fazer o teste, deixe sua carne já temperada meia hora antes de fazer as esfihas em uma peneira escorrendo, desta forma a carne vai liberar o suco!
      Estou na torcida para que as proximas saiam lindas! Um beijo Celia

  11. Pingback: Esfiha de frango | A casa encantada
  12. Só hoje descobri esse site. Amei todas as dicas de congelamento, pois não tenho muito tempo para cozinhar como eu gostaria e assim aproveitarei mais meu tempo. Muito obrigada

    1. Ah que amor! Seja mais que bem vinda! Também adoraria ter mais tempo na cozinha, mas como não temos vamos otimizar!!! Beijo!

    1. Pri, pode pincelar sim caso você queira aquele acabamento com brilho douradinho! Não altera em nada, mas estas da foto não usei! Beijos

  13. Oi Ariana, tudo bem?
    Não é necessário pincelar gema nas espigas antes de irem ao forno? Se eu quiser fazer isso, altera o sabor?

  14. Oi Adriana, parabéns pelo belo blog, como esfihas sempre que posso no haris.com.br e o no habibis (não como mais rsrsrs), mas me disseram que ambas não vai leito na massa, é possível?

    1. Isso mesmo Camila, a Carne vai crua e para congelar asse elas e depois é só descongelar no microondas! Fica incrível, com sabor e maciez de feita na hora! Beijos!

    1. ❤️❤️❤️❤️❤️ Lylia venha pra SP que eu vou amar dividir o ajudante contigo!!!
      Depois me conta se gostou! Um monte de beijos nossos, ameeei a visita!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…