Farofa de banana: faça a sua e se encante

farofa de banana

A farofa de banana é um acompanhamento que representa bem a brasilidade na mesa e foge do óbvio. É simples, levemente doce e muito versátil, pois combina com uma grande variedade de pratos.

Eu adoro fazê-la como uma opção para farofa de Natal, pois traz um contraste interessante com o peru. Antes, vamos descobrir de onde vem esse prato tão brasileiro?

Um nome estranho

A palavra “farofa” é uma variação de “kuvala ofa”, que significa “parir morto” ou “dar à luz morto” em quimbundo, língua africana comum no noroeste da Angola.

Primeiramente, o significado pode parecer estranho, mas há um motivo. A farofa chegou ao Brasil pelas mãos dos escravos angolanos e o alimento era preparado na época sem a utilização do calor para o cozimento. Sendo assim, é possível interpretar o “parir’ como “preparar” e o “morto” com o sentido de “frio”.

Há também a teoria de que a nossa farofa teria sido inventada pelos índios, muito antes da colonização portuguesa. Diz a lenda que os responsáveis pela criação do prato teriam sido os índios tupi-guaranis e que o objetivo era substituir os temperos e dar liga aos alimentos, já que eles faziam suas refeições com as mãos.

farofa de banana
Dentre as variações, farofa de banana é imbatível! (Reprodução)

Já outros historiadores acreditam que a farofa teria sido inventada para que os índios pudessem satisfazer a fome com um alimento mais nutritivo. Por isso, utilizavam a farinha de mandioca, que era um alimento em abundância na época.

Após a colonização, a farofa se popularizou entre os portugueses, principalmente por ter uma validade duradoura e dar sabor aos alimentos de forma simples e prática. Praticamente todo navio português daquela época tinha farofa na dispensa.

Diz a lenda que o rei Dom João VI, quando veio para o país, nunca saía sem um pacote de farofa para acompanhar suas refeições.

Hoje, a farofa possui várias versões, podendo ser feita com mandioca, milho ou banana. Aliás, em alguns, casos é bastante incrementada com outros ingredientes, como bacon, cebola e alho, tornando-se a atração principal.

Leia também:

Dicas para uma farofa perfeita

Para que a sua farofa de banana fique perfeita, separei algumas dicas especiais. Se você possui preferência por uma farofa mais sequinha, com menos gordura, refoque todos os ingredientes primeiro e só no final adicione a farinha, misturando apenas para agregar os complementos. Você também pode acrescentar ingredientes que contribuam para uma textura mais seca, como linguiça, bacon e ovo.

Entretanto, se você gosta mais de uma farofa mais úmida, acrescente mais gordura à receita. Você pode utilizar óleo, azeite ou até manteiga na hora de refogar. Escolher ingredientes que soltem mais água também pode ajudar, como tomate, cebola e cenoura.

Por fim, atente-se, também, à temperatura do cozimento. O ideal é que a farofa de banana fique morna. Se deixar tostar demais, os riscos de a receita queimar e desandar são enormes.

E a farofa de banana?

Vamos agora à nossa receita de farofa de banana? Lembrando que você pode armazenar esse alimento em um pote fechado na geladeira por até 3 dias.

Farofa de banana

Ingredientes
  

  • 4 bananas picadas
  • 200 g de bacon em cubos
  • 2 xícaras de farinha de mandioca
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • ½ cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Cebolinha a gosto

Instruções
 

  • Em uma frigideira, frite o bacon no azeite.
  • Adicione a manteiga, a cebola e o alho. Misture tudo.
  • Adicione as bananas e misture tudo sem as amassar demais
  • Tempere com sal e pimenta a gosto.
  • Acrescente 2 xícaras de farinha de mandioca aos poucos. Continue mexendo.
  • Para finalizar, adicione cebolinha verde a gosto.
  • Está pronto para servir!

Video

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…