Feijoada para começar bem o outono

feijoada

Com a chegada do outono, nada melhor que preparar pratos que elevem a temperatura corporal. Certamente, uma feijoada cumpre bem essa missão.

No entanto, há quem prefira uma feijoada simples, com a redução de alguns ingredientes. Porém, para celebrar a diversidade e a riqueza da nossa culinária, uma completa é o ideal.

Base de feijão preto, diversas partes do porco, linguiça, farinha, verduras, legumes e torresmo. Ou seja, a receita que vou ensinar hoje é de levantar o astral de qualquer um.

Embora a invenção dessa receita seja atribuída os africanos escravizados que chegaram aqui, essa não é a verdadeira história desse prato tão tradicional e querido. Mas, então, qual seria sua origem?

Prato milenar

De acordo com historiadores da gastronomia, esse tipo de prato que mistura diversos tipos de carne, legumes e verduras é milenar. Acredita-se que o Mediterrâneo seja o seu local de origem e remeta à época do Império Romano.

Alguns pratos similares ao redor do mundo seriam o cozido em Portugal e o cassoulet na França. Aliás, tem a paella, feita à base de arroz na Espanha, e a casouela e o bollito misto, na Itália.

feijoada
Está na hora de esquentar seu outono com uma bela feijoada. (Reprodução)

Uma adaptação nacional

Aqueles que trouxeram a técnica e a combinação do cozido de carnes ao Brasil foram os portugueses. Em seguida, a feijoada ganharia o seu ingrediente principal: o feijão preto.

O feijão preto tem origem na América do Sul. Além disso, os índios guaranis o chamavam de comanda, comaná ou cumaná.

Apesar de não fazer parte dos ingredientes, a farinha de mandioca é um acompanhamento tradicional. Originária da América do Norte, europeus e africanos a teriam adotado como base da alimentação quando chegaram ao Brasil. Então, se tornou popular.

Em suma, a feijoada não é um prato de origem brasileira, mas sim uma adaptação da gastronomia europeia.

Porém, a que conhecemos hoje foi sim, de certa forma, invenção nossa. Aliás, arroz, couve, laranja e torresmo foram acrescentados anos depois de seu nascimento pelo nosso povo.

Feijoada à brasileira

A primeira menção à feijoada brasileira foi no ano de 1827, no Recife, no jornal Diário de Pernambuco. Um anúncio continha a informação de que, na Locanda da Águia d’Ouro (provavelmente um restaurante), na rua das Cruzes,  uma “excelente feijoada à brasileira tudo por preço cômodo” estaria disponível às quinta-feiras.

Por que se come feijoada às quartas?

No livro “Viagem Gastronômica Através do Brasil”, o historiador Caloca Fernandes aponta que a associação de pratos a dias da semana é uma influência portuguesa.

Em Portugal também se come feijoada às quartas, mas o prato de lá tem algumas diferenças. Além de ser à base de feijão branco, leva tomate e cenoura, ingredientes que não aparecem na feijoada brasileira.

feijoada
Alguns acompanhamentos são bem brasileiros. (Reprodução)

Carne salgada

Antigamente, as carnes da feijoada eram frescas e não eram salgadas como hoje em dia. Quem disseminou esse hábito no país foram os bandeirantes, sertanistas do período colonial.

Receita de feijoada completa

Agora que você já sabe tudo sobre feijoada, bora preparar a sua?

Feijoada

Ingredientes
  

  • 1 orelha de porco cortada em pedaços pequenos
  • 1 pé de porco cortado em pedaços pequenos
  • 1/2 kg de costela de porco cortada em pedaços pequenos
  • 1 e 1/2 kg de feijão preto
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 1 cebola picada
  • 300 g de linguiça calabresa de porco cortada em fatias grossas
  • 400 g de lombo de porco sem osso e cortado em cubos
  • 400 g de carne seca
  • 200 g de língua de boi defumada
  • 1 laranja média e sem casca
  • 100 g de bacon
  • 2 l de água fervente
  • 6 folhas de louro

Instruções
 

  • No dia anterior, em uma tigela, coloque a orelha, a língua de boi e o pé de porco e cubra-os com água fria. Troque a água 4 vezes.
  • Em outra tigela, coloque a carne seca e a costela de porco e, também, cubra-as com água fria para dessalgar. Faça a troca da água 4 vezes.
  • No dia da preparação da feijoada, coloque o feijão em uma tigela, cubra com água e deixe de molho por 1 hora.
  • Escorra as carnes que foram deixadas de molho e coloque-as em uma panela de pressão cobertas com água fria. Cozinhe por 15 minutos depois que pegar pressão.
  • Desligue o fogo, aguarde sair todo o vapor e abra a panela. Escorra e reserve.
  • Na mesma panela, acrescente o óleo e doure a cebola. Junte a linguiça, o lombo, o bacon e refogue tudo por cerca de 3 minutos.
  • Acrescente o feijão escorrido, as carnes pré-cozidas, a folha de louro e a laranja.
  • Adicione a água fervente e cozinhe por mais 15 minutos após pegar a pressão.
  • Desligue o fogo, aguarde sair todo o vapor e abra a panela. Retire a laranja e leve novamente ao fogo.
  • Em fogo baixo, com a panela parcialmente tampada, deixe cozinhar por mais 30 minutos ou até engrossar o caldo e os ingredientes estarem cozidos. Está pronta a feijoada.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…