As dúvidas mais frequentes sobre veganismo

5 from 1 vote
dúvidas mais frequentes sobre veganismo

Será que qualquer pessoa pode ser vegana? Afinal, é possível realmente substituir a carne vermelha? Além disso, precisa mesmo fazer suplementação alimentar? Essas são algumas das dúvidas mais frequentes sobre o veganismo, que rondam a cabeça de quem está pensando em investir em mudanças nos hábitos alimentares.

Primeiramente, na falta de respostas para essas perguntas, muita gente pode acabar desistindo de fazer a transição alimentar. Sendo assim, pensando nisso, hoje eu prepararei um especial e trouxe algumas das principais informações sobre o assunto. Por sua vez, a lista a seguir vai te ajudar a entender o que é verdade e o que é mentira sobre o mundo da alimentação livre de proteína animal. Então, vem comigo!

dúvidas mais frequentes sobre veganismo
Saiba o que é mito e o que é verdade quando o assunto é veganismo. Fonte: Freepik

Qualquer pessoa pode se tornar vegana ou existem restrições?

Esta é com certeza uma das dúvidas mais frequentes sobre o veganismo. A resposta é: não há restrições. É, inclusive, comprovado cientificamente que qualquer pessoa, em qualquer fase da vida, pode se tornar vegana.

Qual é o substituto para a carne na dieta vegana?

Os alimentos veganos que melhor substituem os nutrientes encontrados na carne animal são os que pertencem ao grupo de grãos, como feijão, soja, grão-de-bico, lentilha, milho, ervilha etc. Bastam 7 colheres de feijão, por exemplo, para substituir de 80 a 100 gramas de carne. Nessa quantidade, é possível obter nutrientes essenciais como ferro, zinco, proteínas e aminoácidos, fundamentais para uma alimentação balanceada.

Leites vegetais suprem a carência de cálcio?

Dentre os leites vegetais, apenas o leite de soja contém cálcio em sua composição natural. Uma dica é que existem no mercado leites vegetais de arroz que são fortalecidos com esse mineral, mas é preciso checar a tabela nutricional do produto. Os alimentos veganos que podem suprir a carência de cálcio deixada pelos laticínios são: linhaça, gergelim, amêndoas e couve.

dúvidas mais frequentes sobre veganismo
O leite vegetal de soja é uma opção para suprir as carências de cálcio. Fonte: Freepik

É verdade que a soja em grão possui baixo valor nutricional?

A soja possui fatores que impedem a absorção de certos nutrientes. Mas deixar os grãos de molho por no mínimo 12 horas ou preparar pratos cozidos resolve essa questão.

Vale dizer que, na alimentação vegana, é necessário tomar certo cuidado com os produtos industrializados de soja, como o leite. Isso porque muitos possuem quantidades mínimas do grão em sua composição. Então, verifique sempre a tabela nutricional.

É necessário fazer suplementação alimentar?

Sim, pois as comidas veganas não possuem B12. Esse é o único nutriente que não encontrado na alimentação à base de vegetais. As fontes originais dessa vitamina são as carnes, leites e derivados. Porém, para realizar a suplementação adequadamente, procure a orientação de um médico ou nutricionista. Afinal, é perigoso tomar remédios por conta própria.

De onde vai vir minha proteína?

É muito importante você saber que a carne não é a única fonte de proteína da natureza. Encontramos o nutriente em outros alimentos, como: soja, tofu, lentilha, grão-de-bico, amendoim, amêndoas, espirulina, quinoa, chia, aveia, arroz e feijão.

Somente um nutricionista poderá definir qual é a quantidade ideal de proteína para cada pessoa. Afinal, isso vai depender de uma série de fatores, como condições físicas e estilo de vida. Porém, em média, precisamos ingerir cerca de 0,8 gramas de proteína por quilo. Para você ter uma ideia de quantidade, meia xícara de tofu ou soja contém 5 gramas de proteína. Ou seja, pode ter certeza  de que fontes alternativas não vão faltar!

Como vou consumir ômega 3?

Essa também está entre uma das dúvidas mais frequentes sobre o veganismo, e a resposta é bem simples. Isso porque não encontramos o ômega 3 somente em animais marinhos. Então, fique tranquilo, pois, na alimentação vegana, o nutriente pode ser encontrado na chia, na linhaça, nas algas e em nozes.

E as plantas, não sentem dor também?

Por fim, quem parou de comer carne, provavelmente já deve ter ouvido isso! É verdade que algumas pesquisas atestam a capacidade de espécies de plantas se comunicarem e armazenarem memórias. Porém, nenhuma delas possui sistema nervoso. Ou seja, não há nenhuma evidência de que sintam dor ou sofram. Então, nesse ponto, você pode ficar tranquilo!

Bom, agora que você já tirou as dúvidas mais frequentes sobre veganismo, que tal buscar inspiração nesse estilo de vida preparando um receita? Nós te ajudamos nisso com uma super dica de feijoada vegana. Esse prato tem muita proteína e é totalmente livre de proteína animal. Aproveite!

Cassoulet Vegana - Feijoada Vegana de Feijão Branco

Essa receita é perfeita para o almoço de domingo coma família.
5 from 1 vote
Tempo de Preparação 20 mins
Tempo para Cozinhar 20 mins
Course almoço
Cozinha vegana
Quantidade 6 porções

Ingredientes
  

  • 2 xic feijão branco
  • 2 cenouras
  • 1 xic. funghi
  • 1 col. chá fumaça em pó
  • 1 col. sopa sal
  • Pimenta preta a gosto
  • 1 folha louro
  • 1/4 xic. azeite
  • 5 dentes de alho
  • 1 cebola grande
  • 1/2 maço de cheiro verde

Instruções
 

  • Deixe o feijão de molho por 6 a 8 horas
  • Descasque a cenoura e pique-as em cubos grandes
  • Na panela de pressão coloque o feijão demolhado, as cenouras, o funghi, a fumaça em pó e o sal.
  • Cubra com água e cozinhe na pressão por 20 minutos
  • Em uma panela aqueça o azeite, acrescente o alho bem picado e deixe dourar (até ficar bem cheiroso).
  • Acrescente a cebola picada em cubos pequenos e refogue no fogo baixo até ficar macia e
    dourada.
  • Adicione o feijão cozido.
  • Acrescente o cheiro verde picado e mexa bem até o caldo engrossar um pouco, como no feijão.
  • Sirva com arroz.

Video

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…