Bacalhau ao forno para a Páscoa

bacalhau ao forno

A Páscoa está chegando, e a data merece um prato especial para comemorar a ocasião. Primeiramente, não sei vocês, mas eu tenho um que já é tradição aqui em casa: o bacalhau ao forno.

Muita gente que acha esse um prato um pouco difícil de acertar por conta da quantidade de sal que ele possui. Entretanto, não se preocupe, pois seu bacalhau vai ficar uma delícia com as dicas que separei.

Antes de conferimos a receita de bacalhau ao forno tradicional, vamos descobrir como esse prato chegou até a nossa mesa?

Bacalhau, uma iguaria com história para contar

A palavra “bacalhau” tem origem no termo em latim “baccalaureu”, que definia o processo de salgar e secar alguns tipos de peixe. Além disso, a história do nosso bacalhau ao forno é milenar. Já existiam registros de fábricas do alimento no século 9 na Islândia e na Noruega. Entretanto, o crédito da invenção vai para os vikings.

Conta a lenda que, na época, eles se alimentavam da espécie cod gadus morhua, que era farta nos mares pelos quais navegavam. Como o sal ainda não tinha sido descoberto, secavam o peixe ao sol, o que fazia com que ele endurecesse e durasse mais, aguentando as longas viagens.

Por outro lado, o comércio do bacalhau só foi começar a ocorrer lá pelo ano 100, pelos bascos, povo que habitava uma região conhecida como Pirineus Ocidentais, próxima à Espanha e à França. Lá, o bacalhau já era vendido curado, salgado e seco.

bacalhau ao forno
Páscoa com bacalhau é incrível. Com bacalhau ao forno, então, perfeita! (Fonte: Pixabay)

O nosso bacalhau ao forno chegou ao Brasil já na época do descobrimento através dos Portugueses, mas foi apenas com a chegada da realeza portuguesa no início do século XIX que o alimento começou a ganhar popularidade. Com batatas, era o prato principal, fazendo parte do cardápio dos nobres quase que diariamente.

Durante muitos anos, as pessoas vendiam esse alimento por um preço acessível. Aliás, o bacalhau com natas era um prato comumente servido nos restaurantes brasileiros nas sextas-feiras e em festas comemorativas. Foi após a grande escassez de alimentos da 2ª Guerra Mundial que seu preço aumentou e o consumo mudou, concentrando-se, principalmente, na Páscoa e no Natal.

Leia também:

Como dessalgar o bacalhau?

Ter disponibilidade de no mínimo 24 horas para dessalgar um bacalhau é algo muito difícil, mas existe um método muito mais rápido. Encha uma panela com bastante água e a ferva. Adicione entre 2 e 4 colheres de sopa de sal, de acordo com a quantidade de bacalhau. Deixe ferver por pelo menos 15 minutos, escorra o bacalhau, deixe descansando por 3 minutos e coloque sob água corrente fria.

Se você provar e ainda achar que o bacalhau está salgado, volte a realizar o processo. Só cuidado para não ferver demais e acabar desmanchando o peixe.

Receita de bacalhau ao forno

Pensando que a Páscoa é uma data muito especial, decidi incrementar a nossa receita e deixá-la única. Portanto, veja, abaixo, o passo a passo do bacalhau ao forno com nata e boa Páscoa! Aliás, precisando de dicas de sobremesa? Tem bolo vulcão. Vai por mim, é demais!

Bacalhau ao forno

Ingredientes
  

  • 500 g de bacalhau já dessalgado
  • 300 g de batata em rodelas
  • 1 cebola picada picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 3 folhas de louro
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • de xícara de azeite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 xícara de leite
  • 1/2 litro Sal a gosto (3 latas creme de leite sem soro ou 1 caixinha de creme de leite)
  • 1 limão suco
  • 1 colher de chá de mostarda

Instruções
 

  • Coloque água em uma panela e leve ao fogo. Quando as primeiras bolhas começarem a aparecer (antes de ferver), abaixe o fogo, acrescente o bacalhau e deixe cozinhar por 8 a 10 minutos.
  • Retire o bacalhau e reserve a água. Quando o bacalhau estiver mais frio, retire as lascas e reserve.
  • Frite as batatas.
  • Em outra panela em fogo baixo, acrescente a manteiga e espere derreter. Vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos, mexa bem com um batedor de claras e deixe cozinhar um pouquinho. Adicione a água do bacalhau (½ xícara, 2 conchas ou 120 ml) até formar um creme liso.
  • Em seguida, vá acrescentando o leite e o creme de leite aos poucos, um após o outro. Tempere com sal, acrescente o suco de limão e a mostarda. Quando o molho ferver, mantenha-o no fogo, sempre mexendo, por mais 3 minutos e reserve.
  • Em outra panela coloque o azeite, a folha de louro e refogue a cebola e o alho. Acrescente o bacalhau e uma concha da água de cozimento do bacalhau.
  • Desligue o fogo, acrescente as batatas fritas e o molho branco. Misture. Despeje em uma vasilha untada com azeite. Leve ao forno 200 ºC por cerca de 20 minutos.
  • Está pronto.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…