Pudim de pão, delicioso e sem desperdício

pudim de pão

O pudim de pão é uma receita gostosa, simples e fácil que contribui muito com a diminuição do desperdício de alimentos. Seja simples ou com leite condensado, apesar de levar como ingrediente principal pão adormecido, o prato ainda é uma sobremesa de muito sabor.

Aliás, isso traz memórias divertidas da minha infância, pois meu pai sempre exagerava na quantidade de pães que comprava e minha mãe, aborrecida, sempre preparava a iguaria para não jogar nada fora. Ainda assim, não deixava de acusar meu pai de fazer isso de propósito só para comer doce.

Apesar de ser uma receita conhecida por todas as famílias brasileiras, ela não surgiu aqui. Vamos descobrir qual é a sua origem?

pudim de pão
Não tem quem resista a um delicioso pudim de pão. (Reprodução)

História do pudim de pão

Você sabia que o pudim de pão era a sobremesa favorita de Diana, a eterna Princesa de Gales? Isso se deve ao fato de que a sobremesa é muito popular nas cozinhas britânicas, mexicana, francesa e do sul dos Estados Unidos.

A base de todas as variedades é a mesma, constituída de ovo, leite, açúcar e pão francês. Não se tem indícios de quando exatamente surgiu, mas o prato já era bem presente em países como Inglaterra e França nos séculos 18 e 19.

Acredita-se que ele tenha desembarcado em terras brasileiras em meados do século 15, quando os portugueses chegaram por aqui. Apesar disso, nossa receita se assimila mais à inglesa. De todo modo, ao contrário dos ingleses, que cortam o pão amanhecido em pedaços quase secos para assar, nós costumamos esmagá-lo e embebedá-lo.

Leia também:

Algumas curiosidades

A história do pão é milenar, antecedente até a Jesus. Naquela época, era feito com bolotas de carvalho e faia trituradas e logo após lavado em água fervente para se diminuir o amargor. Em seguida, colocavam essa massa sob o sol para secar e elaboravam as broas com a farinha que cozinhavam sobre pedras quentes.

Foi apenas com os egípcios (entre 3200 – 2300 a.C.) que a produção do pão evoluiu. Os fornos de cozedura foram inventados, as farinhas começaram a ser produzidas a partir de outros tipos de cereais e a fermentação do pão começou.

Apenas a nobreza e realeza recebiam pães que levavam trigo de melhor qualidade. No Egito, salários também eram pagos com o alimento.

Na mesma época, os judeus começaram a fabricar os seus próprios pães com o auxílio de fornos, porém eles não usavam fermento, pois acreditavam que a fermentação era uma forma de putrefação e impureza.

Ao longo da história da humanidade, identificavam a posição social de alguém pela cor do pão que consumia. Sendo assim, quanto mais escuro, mais pobre era a condição, algo que felizmente mudou.

Receita de pudim de pão

Depois dessa aula de História e curiosidades, está na hora de aprender como fazer pudim de pão. Mão na massa!

Pudim de pão

Ingredientes
  

Para a massa:

  • 5 pães franceses amanhecidos (em torno de 300g)
  • 1 litro de leite
  • 1 e 1/2 xícara de açúcar

Para a calda:

  • 10 colheres de açúcar
  • 1 copo de água quente

Instruções
 

Para a massa:

  • No liquidificador, adicione os ingredientes aos poucos e bata tudo até formar um creme.
  • Despeje a mistura em uma forma e leve para assar no forno a 220 °C por 40 minutos.

Para a cobertura:

  • Coloque o açúcar em uma panela e derreta em fogo baixo.
  • Adicione a água quente e continue mexendo até reduzir.

Montando o pudim:

  • Fure o pudim com um garfo e despeje a calda.
  • Coloque o pudim no forno por mais 10 minutos a 180 °C.
  • Espere o pudim esfriar para desenformar e sirva!

Video

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…