Pudim sem açúcar: todo mundo ama!

5 from 1 vote
pudim sem açúcar

O pudim é uma das sobremesas favoritas dos brasileiros. Aliás, é minha também. Prático e saboroso, está na maioria dos restaurantes. Hoje, você vai conferir comigo uma versão saudável dessa receita: o pudim sem açúcar.

Talvez você esteja se perguntando como é possível fazer um pudim sem açúcar. Afinal, é um dos ingredientes principais dessa receita. Entretanto, te digo que não somente é possível como não perde em sabor para a receita com sacarose.

Sendo uma receita zero açúcar, dá pra repetir o prato inúmeras vezes sem culpa. Aqui em casa, por exemplo, eu geralmente faço como sobremesa no domingo e no mesmo dia acaba.

Primeiramente, falando da receita original, como vai muito açúcar no preparo, comecei a me preocupar com a saúde da minha família e decidi fazer a versão sugar free. Acredite ou não, todos amaram. Agora, não preciso ficar dando bronca em ninguém por estar comendo demais.

Quer aprender a fazer esse pudim? Então, vem comigo! Porém, vamos antes conhecer um pouquinho da história desse prato e como ele chegou ao nosso país?

Pudim zero açúcar

5 from 1 vote

Ingredientes
  

  • 2 e ½ xícaras de leite (600 ml)
  • 4 ovos
  • 1 xícara de leite em pó
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 3 colheres de sopa de xilitol

Para a calda

  • ½ xícara de adoçante culinário

Instruções
 

  • Adicione, em uma forma de pudim, o adoçante culinário. Leve ao fogo brando e mexa sempre até se dissolver completamente e a calda caramelizar. Com a calda ainda quente, espalhe pelas laterais da forma e deixe esfriar.
  • Coloque, em um liquidificador, o leite, o xilitol, os ovos, o leite em pó, a essência de baunilha e bata por 3 minutos.
  • Despeje a mistura do pudim na forma com a calda fria e cubra com papel alumínio. Coloque em banho-maria com a água já quente. Leve para assar no forno a 200 °C por 45 minutos.
  • Depois de esfriar, coloque a forma de pudim na geladeira por 4 horas.
  • Desenforme e é só servir!

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Pudim salgado e doce?

Geralmente, no Brasil, ele é apenas um prato de sobremesa. De todo modo, a versão salgada faz sucesso em diversos países.

Há centenas de anos e ainda em algumas regiões atualmente, a palavra “pudding” refere-se a embutidos de carne. Isso porque ela vem do francês “boudin”, que tem origem no latim “botellus”, que significa “linguiça/salsicha”.

Entre os séculos XVIII e XIX, era comum o pudim ter como base a gordura de algum animal, presente na ração diária de membros da marinha real inglesa.

Na Escócia, por exemplo, leva vísceras de carneiro e farinha de aveia cozidas em um bucho de carneiro.

Foi na Grã-Bretanha que ele virou doce. Até então, vários pratos eram envolvidos por tripas ou outros tecidos de animais e preparados no banho-maria. Com o tempo, a população do país começou a chamar tudo quanto era prato que era preparado em banho-maria de pudding. Nisso, surgiu o chrismas pudding, ou pudim de natal, um bolo úmido que era cozido dentro de um tecido.

Entre as viagens dos marinheiros da Grã-Bretanha até Portugal, a palavra se instalou em diversos lugares e passou a se referir somente a sobremesas.

pudim sem açúcar

Entre idas e vindas, o pudim sem açúcar chegou

O pudim como conhecemos hoje é de origem portuguesa. Reza a lenda que um abade (monge) o inventou e que na época ele se recusava a dar a receita a qualquer um. Por mais que as pessoas tentassem, ninguém conseguia obter o mesmo resultado.

Após a sua morte, os ingredientes da receita chegaram ao grande público: gemas, água, açúcar e toucinho de porco eram o que fazia o Pudim de Priscos ser tão delicioso.

A receita típica com leite condensado surgiu apenas em 1930 no Brasil e, infelizmente, ninguém sabe ao certo quem teve a brilhante ideia de adicionar esse ingrediente.

Por fim, aqui, ele ganhou inúmeras versões, sendo a pudim sem açúcar a mais saudável de todas. Que tal fazê-lo com A Casa Encantada? Prometo, não vai se arrepender!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

6 respostas

  1. 5 stars
    Na receita tá mandando bater o açúcar culinário junto com os ingredientes, mas no vídeo tá mandando fazer a calda, qual é o certo, é usar o açúcar culinário pra bater ou fazer a calda, outra coisa, esse açúcar é líquido?

    1. Olá, Hélio, tudo bem? Ajustamos o passo a passo escrito. Pode seguir exatamente as instruções do vídeo que vai ficar perfeito. Além disso, utilizamos a versão líquida do xilitol sim. Obrigado pelo toque e, sempre que precisar, é só avisar. Novamente, obrigado pela ajuda!

    1. Olá, Walmir. É possível fazer adaptações, com certeza. Trazemos, aqui, sugestões – mas quem manda na receita é você. Compartilhe com a gente suas experimentações. Temos certeza de que vão ficar maravilhosas e todos vão amar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Panqueca de abobrinha: receita gostosa e saudável para você

Que tal uma panqueca de abobrinha bem levinha e saborosa para comer a qualquer hora do dia? Se você está procurando uma receita bem simples e cheia de nutrientes…

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Canjica zero açúcar: cremosa e saudável

Hoje, eu trouxe para você esta deliciosa canjica zero açúcar para saciar a fome e não fugir da dieta. Prato tradicional da nossa Festa Junina, comer um canjiquinha quentinha…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…