Como Armazenar Farinha da Forma Correta

como conservar melhor farinhas

Armazenar farinha da forma correta nem sempre é algo comentado. Ainda mais porque é tão comum termos farinha em casa que nem nos preocupamos com isso.

como conservar farinha e evitar caruncho

Não é raro a necessidade de comprar farinha porque utilizamos em diversas receitas e por isso nem nos preocupamos em guardá-la corretamente.

No entanto, farinha armazenada de forma incorreta pode tanto deixá-la ruim como também fazer mal à saúde.

Como armazenar farinha branca?

como conservar melhor farinhas

As farinhas brancas que conhecemos também são chamadas de farinhas refinadas. Isso porque elas passam por um processo de refinamento até chegar em nossas mesas.

A indústria, portanto, retira o germe de trigo e o farelo para que ela fique fina, macia e com a cor bem clarinha.

Algo importante a se saber é que as farinhas refinadas não possuem muita gordura em sua composição, isso quer dizer que elas demoram mais tempo para ficar rançosa.

Porém, seu armazenamento também deve ser feito da forma correta.

O ideal é que logo após abrir o pacote de farinha você a coloque dentro de um saco zip (para evitar a umidade) e leve ao freezer por cerca de 48 horas (dois dias) para que o frio mate os microrganismos que podem estar na farinha.

Passado este tempo, transfira o conteúdo da farinha para um recipiente hermético e acondicione no armário, protegido de luz e calor.

O ideal é um recipiente que tenha uma tampa que feche bem já que a farinha precisa estar longe da umidade.

Um recipiente assim também funciona como uma barreira de proteção contra odores de outros alimentos que possam estar em seu armário.

Fazendo isto sua farinha poderá durar até um ano nestas condições.

Caso você more em lugares de ambiente mais quente pode guardar a farinha no freezer sem problema. Assim ela vai durar mais  e você poderá retirar aos poucos a quantidade que deseja usar, só não se esqueça de proteger a embalagem com saco completamente vedado, como é o caso do ziplock.

Como armazenar farinha integral

Em diferença com a farinha branca, as farinhas integrais contêm farelo e germe dos grãos que são utilizados para fazer as farinhas.

Esse é um dos motivos por estas farinhas serem tão ricas em fibras e nutrientes que contribuem para um bom trânsito intestinal.

Outra diferença é que a farinha integral, por ter farelo e germe do grão contém mais gorduras naturais, e quando oxidam perdem o sabor.

Para armazenar farinha integral você pode fazer o mesmo processo do anterior, deixando por 48 horas no freezer.

Depois transfira a farinha para um recipiente hermético.

A grande diferença aqui é que você deve guardar na geladeira a farinha integral por até seis meses, ou no freezer por até um ano.

Depois basta que você a retire do freezer e faça o que quiser, como por exemplo pão com farinha integral!

Para saber se a farinha ainda está boa use seu olfato! Se ela cheirar a borracha queimada ou ter cheiros estranhos é hora de jogá-la fora.

Bichinhos da farinha

Os bichinhos que aparecem ao armazenar farinha são decorrentes de não fechar bem o recipiente onde ela está armazenada ou não a colocar no congelador antes de armazenar.

Portanto, os bichinhos já vêm nos ovinhos dentro do saco de farinha. Então quando colocamos a farinha dentro do freezer os ovinhos morrem, além de outros microrganismos como bactérias e fungos que podem estar presentes.

Por que a farinha fica rançosa?

A farinha integral pode estragar mais rapidamente porque mesmo ao armazenar a farinha corretamente, ela possui mais gorduras e, portanto, oxida mais rápido.

Com o tempo, o armazenamento inadequado pode acabar danificando a farinha e quando você a perceber estará mal cheirando.

Por isso o trio da conservação é tão importante:

Hermético + frio + abrigo de luz

Esta é a forma de armazenar melhor evitando que a farinha estrague rapidamente.

Posso cozinhar com farinha congelada?

Uma dúvida recorrente é se, ao guardarmos a farinha na geladeira ou no freezer é possível assar algo depois com ela. E a resposta é sim!

Ao armazenar farinha, qualquer tipo, no freezer você poupa que a oxidação dela chegue mais cedo do que o esperado.

Quando for usar em uma receita de pão ou de bolo, não precisa se preocupar pois ela vai ficando na temperatura ambiente à medida que você vai misturando os ingredientes.

Caso você prefira pode tirar a quantidade desejada de farinha do freezer e deixá-la em temperatura ambiente por um tempo antes de usar, vai estar tão boa quanto!

Vamos armazenar farinha da forma correta?! Espero que tenha te ajudado com as dicas.

Por fim, não se esqueça de entrar em nosso grupo do Facebook e nos seguir no Instagram para sempre ficar por dentro das nossas novidades.

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

6 respostas

    1. Olá Mario, pode sim!
      A vantagem dos plásticos zipados é que eles ocupam menos espaço no congelador, mas nada impede de utilizar um pote! 🙂

  1. O mesmo método de “colocar dentro de um saco zip (para evitar a umidade) e levar ao freezer por cerca de 48 horas (dois dias) para que o frio mate os microrganismos que podem estar na farinha” serve para outros tipos de farinhas? (ex. farinha de linhaça e farinha de amendoas)

    1. Olá Beathriz,
      desculpe pela demora na resposta.
      Sim, o método é válido para os outros tipos de farinha também.
      Seja sempre bem-vinda ao blog!

  2. Obrigada pela dica! Comecei a morar sozinha e tem váaarias coisas que eu ainda nao sabia, um deles era sobre o armazenamento, vou aproveitar e agradecer pelas outras dicas que vc dá, tava precisando

  3. Pingback: Bicarbonato de sódio como saber se ainda está bom? | A casa encantada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receitas pra você

Torta de carne moída com vegetais de forno

Pare tudo o que você está fazendo e vai abrir a sua geladeira! Eu aposto que tem pequenas sobras de batata, cenoura, abobrinha,  e um pouco de carne moída…Aliás,…

Sopa de cenoura com gengibre para dias cansativos

Sabe aquelas semanas que parecem nunca chegar ao fim e tudo o que você precisa é de uma comidinha gostosa quando chega em casa? Então, para quem precisa de…

Limonada suíça com leite condensado

Já dizia minha mãe, e acredito que muitas mães por aí: “se a vida der limões, faça uma limonada!”. Tudo bem, a gente faz… Mas, também não há nenhum…

Fondue de carne com quatro dicas de molho!

Fondue de carne, queijo ou chocolate? Difícil mesmo é escolher um só! Hoje eu trouxe uma versão mais prática da receita, que pode ser feita em casa, com ou…

Arroz de forno para ninguém botar defeito

Às vezes, a cozinha demanda um pouco de criatividade. Principalmente quando o objetivo é não desperdiçar alimentos. Pensando nisso, hoje eu trouxe um arroz de forno especial. Que o…

Rocambole de carne moída de 4 ingredientes!

O fim do ano está chegando e, junto dele, a necessidade de aumentar o repertório de receitas práticas e saborosas para levar nas festas e encontros de amigos e…