Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia Oriental), o shimeji se tornou muito popular também no Ocidente, conquistando muitos paladares, inclusive no Brasil.

Você já é fã desse cogumelo delicioso?

E aí, quer saber como fazer um maravilhoso shimeji na manteiga que, além ser muito saboroso, é fonte de proteínas, minerais, vitaminas e bastante fibra? Então, continue lendo esse post aqui no nosso blog para descobrir essa receita magnífica e super fácil de fazer!

Receita de shimeji na manteiga

Seja a versão na frigideira ou no forno, não deixe de conhecer esse refogado perfeito. Então, separe os ingredientes e vamos botar a mão na massa.

Shimeji na Manteiga

Tempo de Preparação 20 mins
Course Acompanhamento, Shimeji, Shimeji na Manteiga
Quantidade 2 porções

Ingredientes
  

  • 200 g shimeji;
  • 1 e 1/2 colher de sopa de manteiga de sua preferência;
  • 1/2 colher de sopa de óleo vegetal de sua preferência;
  • 3 colheres de sopa de Shoyu;
  • 2 colheres de sopa de cebolinha verde picada.

Instruções
 

Modo de Preparo:

  • Limpe o shimeji com papel toalha (NÃO lavar com água);
  • Coloque a manteiga e o óleo em uma frigideira antiaderente grande, e quando estiver aquecida, adicione os cogumelos;
  • Refogue por cerca de 3 minutos, mexendo às vezes;
  • Coloque o shoyu e mexa rapidamente;
  • Cozinhe até os cogumelos ficar macios;
  • Retire do fogo e coloque a cebolinha verde;
  • Sirva em seguida!

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Shimeji: informações e dicas importantes!

O shimeji é um tipo de cogumelo que, além de muito consumido por quem gosta da culinária Oriental, é um ingrediente muito presente nos pratos vegetarianos e veganos, já que se trata de uma excelente fonte de proteínas com baixo teor de gordura e excelente para o intestino.

Essa maravilha também ajuda acombater a anemia por conter bons níveis de ferro, ser uma boa fonte de cálcio e reduzir os níveis de colesterol ruim.

Para quem sofre de doença celíaca, esse é um dos seus aliados na alimentação, porque essa delícia é completamente sem glúten. O shimeji é considerado um dos fungos mais saborosos e fáceis de cozinhar, pois, como já percebemos, é só colocar na frigideira, adicionar uns temperos e pronto.

Originário da Ásia, também pode ser encontrado no norte da Europa, em suas diversas espécies diferentes. No Brasil, além de estar presente no cardápio de praticamente todos os restaurantes orientais, é fácil encontrá-los em mercados de comida asiática e supermercados em geral.

Em resumo, o esse tipo de cogumelo é ótimo para nosso organismo e muito simples de cozinhar. Então, não perca tempo e experimente também a nossa receita vegana de escondidinho de shimejiuma opção nutritiva que você vai amar!

Mas, antes disso, vamos falar um pouco sobre algumas dúvidas que podem surgir sobre esse ingrediente.

Preciso lavar o shimeji antes de comer?

Não é preciso lavar o shimeji para usá-lo nas receitas. Contudo, é necessário limpá-lo adequadamente. A limpeza do cogumelo deve se feita de forma seca, removendo possíveis impurezas sem o uso de água. Isso acontece, pois, quando lavamos alimentos como os cogumelos, perder-se o sabor, por conta da sua textura esponjosa que absorve a água, fazendo com que eles fiquem moles e aquosos.

Por esse motivo, quando for limpar qualquer fungo comestível, utilize apenas pano ou papel toalha úmido. Depois, vamos para a parte dos talos, onde pode haver uma sujeira mais aperente.

Tem que tirar o talo do shimeji?

O talo de plantas como os fungos é mais fibroso e costuma ter maior firmeza que o resto da planta, por isso, é comum que ele seja descartado. Inclusive, essa não é uma regra culinária. O talo pode e deve ser reaproveitado para outros pratos, por conta do seu alto teor nutritivo e por acrescentar umami à qualquer prato. Nada de desperdício, ok?

Pode comer o talo do shimeji?

Como falamos no tópico anterior, não é necessário jogar o talo fora. Essa parte da planta também é comestível e deliciosa, diga-se de passagem. Só é necessário triturá-lo bem, caso queira comê-lo refogado ou adicioná-lo a caldos e sopas. Também é possível fazer molhos para carnes ou usar talos desfiados como temperos e guarnições.

Uma receita fácil de molho é a seguinte:

  • Deixe os talos de molho em água por cerca de uma hora;
  • Em seguida, remova o excesso de água;
  • Adicione tomates, pimentão e os talos no processador, ajuste o sal e pronto!

Faz mal comer shimeji cru?

O consumo de qualquer tipo de cogumelo cru não é indicado. No caso do shimeji, ele contém hidrazinas que são substâncias que podem fazer mal à saúde se ingeridas em excesso, podendo provocar vômitos, dor de barriga, etc. Contudo, ao submetê-lo a altas temperaturas, essas substâncias são facilmente eliminadas.

Então, vamos conhecer mais uma maneira de preparar esse alimento excelente!

Receita de shimeji ao limão no forno

Shimeji ao Limão no Forno

Tempo de Preparação 20 mins
Course Acompanhamento, Shimeji, Shimeji ao limão
Quantidade 2 porções

Ingredientes
  

  • 200 g de shimeji;
  • 1 colher de chá  de sal;
  • 1 colher de chá  de manteiga;
  • 2 rodelas de limão.

Instruções
 

Modo de preparo:

  • Após limpar os shimejis, separe-os em ramos menores;
  • Coloque-os em um pedaço grande de papel manteiga;
  • Adicione sal a gosto;
  • Distribua a manteiga por cima dos cogumelos;
  • Coloque as rodelas de limão por cima e dobre o papel para criar um pacotinho;
  • Coloque o pacotinho em uma forma e leve ao forno pré-aquecido a 200 graus, durante 10 minutos;
  • Abra com muito cuidado o papel manteiga e retorne ao forno por mais 5 minutos para obter um pouco de caldo.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Mesmo após aproveitar essas duas receitas maravilhosas, ainda sobrou cogumelos na sua cozinha? Confira agora mesmo o nosso post onde explicamos todos os detalhes sobre como congelar o cogumelo da forma correta e sem prejuízos.

Chegamos ao final do nosso post, esperamos que nossas receitas sejam muito bem-vindas na sua casa e tragam mais aconchego para suas refeições. Continue navegando pelo nosso blog para aprender ainda mais maneiras incríveis de se alimentar de maneiras simples, saudável e com muito sabor.

E se você fizer um de nossos pratos, não esqueça de nos marcar no Instagram, com a hashtag #acasaencantada e até mais!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…

Receita de salada de repolho com maionese ou Coleslaw

Você já fez uma salada de repolho com maionese? Procurando o acompanhamento perfeito para uma carne de porco? Ou um recheio fresco para seu lanche? Fique aqui e aprenda…