Tudo sobre veganismo: o que você precisa saber

tudo sobre veganismo

O veganismo é uma filosofia de vida que vem ganhando cada vez mais popularidade no mundo todo. Apesar de sua principal vertente ser a alimentação, ele vai muito além disso. Aliás, quer saber tudo sobre veganismo? Vem comigo neste artigo.

Muitos de nós supomos que ser vegano é somente excluir a carne da alimentação e pronto, sabemos tudo sobre o veganismo. Mas não é só isso.

Primeiramente, o veganismo é um modo de viver que busca eliminar, na medida do possível, todas as formas de crueldade e de exploração de animais. Isso vale para cosméticos, alimentação, vestuário ou qualquer outro meio. De todo modo, a questão vai muito além.

Tudo sobre veganismo e alimentação vegana: o que comem?

Como já dissemos acima, qualquer coisa que tenha origem animal está vetada. Portanto leites, ovos, mel e muitos doces ficam de fora do cardápio dos veganos. Mas não pense que restam poucas opções. Principalmente, não se deixe levar pelos estereótipos.

A alimentação vegana é muito rica em diversos nutrientes com origem em frutas, verduras, legumes, massas, grãos e cereais. Além disso, as vitaminas da carne também são encontradas no cardápio vegano.

Um ponto importante sobre a alimentação vegana é que ela segue a fórmula proteína + cálcio + ferro. Ademais, potencializa o consumo da vitamina C, que facilita a absorção desses nutrientes pelo organismo. Por sua vez, esta fórmula é adotada porque, diferente da “alimentação tradicional” com carne, ovos e leite, que já contém a maioria das vitaminas necessárias, a alimentação vegana necessita de uma fusão de alimentos em um mesmo prato para suprir as necessidades do organismo.

E essa fusão funciona e funciona bem. O único nutriente que merece um pouco mais de atenção é a vitamina B12. Você a encontra facilmente em frutos do mar, algo que o cardápio vegano não consegue suprir.

tudo sobre veganismo
Frutas, verduras e legumes fazem parte de dietas veganas. (Fonte: Pexels)

Há contraindicações para se tornar vegano?

Se passarmos um tempo pesquisando na internet, vamos encontrar algumas opiniões contrárias à adoção dessa dieta, o que é normal. Muitos especialistas discordam em relação ao quanto de nutrientes é possível obter de um cardápio 100% vegetal.

Entretanto, ao falarmos de contraindicações, é preciso tomar um pouco de cuidado durante a gravidez. Neste caso, o acompanhamento de um nutricionista é fundamental para garantir que a alimentação seja perfeitamente balanceada e para que o bebê se desenvolva forte e saudável.

Infelizmente, existem aqueles que não podem se tornar veganos. Por exemplo, pessoas que sofrem com anemia, bulimia, ortorexia e qualquer transtorno alimentar. Aqui, qualquer tipo de restrição alimentar pode se tornar um problema.

Tudo sobre veganismo: por que aderir?

Se você está interessado em saber tudo sobre veganismo, conheça as bandeiras levantadas pelo movimento e o que ele defende, além dos benefícios.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), o setor de produção animal é um dos maiores responsáveis pelos problemas ambientais. Desmatamento, consumo e desperdício de água e poluição estão entre as consequências.

Por fim, outra bandeira levantada pelo movimento é a luta contra a mão de obra escrava. No Brasil, 70% dos casos estão relacionados à pecuária bovina.

tudo sobre veganismo
Problemas da pecuária incentivam aqueles que adotam o estilo de vida. (Fonte: Pexels)

Outros motivos para se tornar vegano:

  • Sobra mais dinheiro no final do mês: a conta do mercado fica mais barata, e a feira de domingo e o sacolão ganham mais importância;
  • Controle e perda de peso: fica mais fácil controlar o peso, e aquele inchaço do corpo desaparece;
  • Intestino funciona melhor: com o consumo maior de fibras, a ida ao banheiro se torna mais regular;
  • Reduz o risco de desenvolver câncer e outras doenças: com a diminuição do consumo de carnes, enlatados e industrializados, há menos produto químico e menos gordura no organismo.

Quer começar a desbravar esse mundo? Então, Confira, abaixo, uma receita de quibe de cenoura sem carne e deliciosa. Depois, conte o resultado pra gente.

Quibe de cenoura

Ingredientes
  

  • 3 xícaras de trigo pra quibe
  • Cebola, alho e tomate (sem sementes) a gosto picados em cubos pequenos
  • Hortelã a gosto
  • 1 cenoura média ralada
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Azeite
  • Água para hidratar

Instruções
 

  • Coloque o trigo em uma tigela e cubra com água, até passar um dedo.
  • Quando o trigo absorver a água, vai inchar. Coloque em uma peneira e deixe o excesso escorrer (por 30 minutos mais ou menos) ou esprema a massa.
  • Misture o trigo com a cebola, o alho, o tomate, a hortelã, a cenoura, regue com um pouco de azeite e tempere com sal e pimenta
  • Coloque a massa em uma assadeira apertando bem para que ela fique compacta.
  • Regue com um pouco mais de azeite e leve para assar em forno a 180 ºC pré-aquecido até que a superfície fique bem moreninha (aproximadamente 40 min).
  • Está pronto!

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Uma resposta

  1. Pingback: Vantagens de ser vegano e desvantagens | A casa encantada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Shimeji na manteiga: delicioso e nutritivo!

O shimeji é um dos cogumelos mais presentes na culinária japonesa e asiática em geral. Rico em “Umami” e de sabor inconfundível (um dos cinco sabores básicos da Ásia…

Salada De Lentilha: Rápida e Super Saborosa!

Se tem uma coisa que não dispenso é uma boa salada. Quanto mais variada melhor. Por isso, sempre faço questão de compartilhar minhas aventuras com verduras, leguminosas e grãos…