Guia para virar vegano: confira dicas

guia para virar vegano

guia para virar vegano

Como virar vegano? Afinal, devo parar de consumir carne de um dia para o outro? Por outro lado, como substituir as proteínas? Essas são algumas dúvidas de quem deseja adotar o veganismo. Sendo assim, para sanar esses e mais alguns questionamentos, eu preparei um guia para virar vegano, dedicado a principiantes.

Como toda reeducação alimentar, mudar o cardápio pode levar um tempo. Além disso, no caminho, podem ocorrer algumas recaídas, o que é perfeitamente aceitável. Neste pequeno guia para virar vegano, darei algumas dicas e sugestões para fazer a transição de forma tranquila. De todo modo, não deixe de levar em conta seus gostos pessoais e o ritmo do próprio organismo.

Antes de dar o primeiro passo, decida se vai fazer a transição gradual por semana ou se já vai tentar a transição mais rápida de 15 dias.

  • Transição gradual: neste método, cortamos tudo aos poucos. Ou seja, começamos consumindo carnes brancas e vermelhas dia sim e dia não e substituímos umas das refeições do dia (de preferência o almoço) por prato vegano. Também iniciamos a privação de leite, ovos e mel, nos permitindo consumir alimentos que possuam estes ingredientes poucas vezes por semana.
  • Transição de 15 dias: já na transição de 15 dias, aprendemos na prática como virar vegano. Portanto todas as carnes bovinas, suínas, embutidos e derivados são cortados. Resta apenas o frango e o peixe. Assim, aprendemos de forma mais rápida como substituir e complementar as refeições com legumes, frutas, fibras e verduras.
guia para virar vegano
Quer aderir ao veganismo? Faça no seu tempo! (Fonte: Pexels)

Guia para virar vegano: dicas especiais

Se você ainda tem dúvidas de como virar vegano e fazer a transição alimentar, confira a seguir algumas dicas valiosas para você não se perder e acabar desistindo antes de tentar:

  • Adicione primeiro e depois subtraia: a dica aqui é não sair cortando os leites, ovos e carnes brancas de uma vez só. Primeiramente, adicione ao seu cardápio alimentos que você nunca comeu ou não está acostumado a comer. Sobretudo, não faça isso de qualquer jeito, pesquise receitas e modos de preparo diferentes e saborosos.
  • Procure pratos que você já come: tapioca, cuscuz, feijão e macarrão são pratos que você já consome e são veganos. Sendo assim, que tal misturá-los com alimentos novos? Não é preciso exagerar ou ir atrás de pratos exóticos para se tornar vegano. Entretanto, cuidado para não deixar a comida monótona demais.
  • Proteína + ferro + cálcio: essa é a fórmula essencial do guia alimentar vegano. Tenha em mente que você precisa consumir esses três nutrientes para manter uma alimentação equilibrada. Para complementar o ferro, tofu, amêndoas, feijões e folhas verdes são exemplos de alimentos que contêm esse nutriente. Já para consumir cálcio, brócolis, couve, damasco e uva passa. No caso da proteína, você pode ir direto para: quinoa, soja, spirulina (alga), amaranto e trigo sarraceno. Combinar uma leguminosa (ervilha, feijão, lentilha, grão de bico) com um cereal (arroz, aveia, milho, trigo) em uma refeição é uma aposta certa!
guia para virar vegano
Aposte em combinações já presentes em seu dia a dia. (Fonte: Pexels)

Dicas finais

  • Evite o consumo de óleos com ômega 6: óleo de milho, soja, margarina e girassol podem ser prejudiciais, pois eles diminuem a assimilação do ômega 3 pelo organismo. Ao contrário do ômega 3 de origem animal, que já vem na forma de EPA e DHA, pronto para ser absorvido, o ômega 3 vegetal precisa ser convertido, e o consumo excessivo de ômega 6 dificulta esse processo.
  • Suplemente a vitamina B12: última dica do guia vegano, porém não menos importante. A vitamina B12 é um nutriente essencial para o nosso corpo e, infelizmente, a alimentação 100% vegana não consegue fornecer o suficiente. Então, para mantermos nosso corpo saudável e em equilíbrio, é necessário conversar com um nutricionista para saber a melhor forma de suplementar este nutriente.

Mas como no fim, o que importa mesmo é matar a fome, que tal algumas receitinhas veganas?

Por fim, possui mais alguma dica bacana e gostaria de compartilhar, como a que você confere abaixo, para seus iogurtes e o que mais der na telha? Não se acanhe! Estamos, inclusive, ansiosos pela sua colaboração <3

Granola caseira

Ingredientes
  

  • 2 ½ xícaras de chá de aveia prensada
  • 1 xícara de chá de castanha de caju e do pará
  • 1 xícara de chá de farelo de trigo
  • 2 xícaras de chá de sementes (gergelim, chia, linhaça)
  • 1 xícara de chá de gérmen de trigo
  • 1 colher de café de canela em pó
  • 1 xícara de chá de glicose de milho
  • ½ xícara de chá de óleo
  • 1 pitada de sal
  • 1 xícara de chá de uva passa
  • ½ xícara de chá de lascas coco seco
  • 2 xícaras de chá de flocos de milho

Instruções
 

  • Misture tudo numa bacia grande, com exceção da uva passa e das castanhas. Depois, disponha numa assadeira e coloque para assar em temperatura média até que a aveia fique dourada.
  • Acrescente a uva passa e as castanhas.
  • Espere esfriar e reserve num pote fechado para que não murche.
  • Sirva à vontade!

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

2 respostas

  1. Pingback: Vantagens de ser vegano e desvantagens | A casa encantada
  2. Pingback: Tudo sobre veganismo: o que você precisa saber | A casa encantada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Panqueca de abobrinha: receita gostosa e saudável para você

Que tal uma panqueca de abobrinha bem levinha e saborosa para comer a qualquer hora do dia? Se você está procurando uma receita bem simples e cheia de nutrientes…

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Canjica zero açúcar: cremosa e saudável

Hoje, eu trouxe para você esta deliciosa canjica zero açúcar para saciar a fome e não fugir da dieta. Prato tradicional da nossa Festa Junina, comer um canjiquinha quentinha…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…