Brigadeiro vegano para não passar vontade

Hoje eu vim ao resgate daqueles que se converteram ao veganismo e sentem falta de doces que têm o leite como ingrediente. Afinal, vou trazer uma receita de brigadeiro vegano.

Que o brigadeiro é a sobremesa favorita do brasileiro é indiscutível, certo? Tanto é verdade que não é preciso elaborar uma desculpa para servir esse doce. Ele está presente em festas de aniversários, jantares e até na sobremesa pós-almoço.

Porém, quem se adepta ao veganismo não pode consumi-lo, pois, dentre os ingredientes, tem o leite condensado, que tem origem animal. Por isso, hoje eu trouxe a salvação!

Chega de ficar babando em festas de aniversário. Passar vontade nunca mais, pois eu garanto que o brigadeiro vegano é tão bom quanto o comum. Além disso, quem é intolerante à lactose também pode aproveitar a receita sem medo.

Brigadeiro candidato à presidência

Sim, isso mesmo que você leu. Mas calma. Não, não estou falando do doce. Pelo menos não ainda. O candidato à presidência do Brasil em 1946 foi o Brigadeiro Eduardo Gomes, aviador, militar e político brasileiro.

O Eduardo, assim como o doce, nasceu no Sul do Brasil. Tudo indica que a inventora da sobremesa seria Heloísa Nabuco Oliveira, apoiadora assídua da candidatura do Brigadeiro.

massa de brigadeiro

O curioso é que a moça fazia parte de uma família tradicional do Rio de Janeiro. Ela teria trabalhado na invenção de um doce, feito de leite, ovos, açúcar, manteiga e chocolate, para usá-lo na divulgação da personalidade e para arrecadar fundos para a campanha de Eduardo.

A jogada de marketing deu muito certo. Aliás, as festas para promover a candidatura de Brigadeiro começaram a lotar por conta do docinho exclusivo. O boca a boca foi o principal responsável para isso acontecer. Diz a história que as pessoas incentivavam os amigos e parentes a ir aos eventos somente para provar o doce.

Talvez esse tenha sido o motivo pelo qual o candidato perdeu a eleição e o brigadeiro passou a ser chamado assim, tornando-se mais associado à sobremesa do que a Eduardo. Porém, há quem acredite que o brigadeiro já existia há um certo tempo sob outro nome: negrinho. Aliás, no Sul do país, a sobremesa realmente se popularizou por esse nome.

A Segunda Guerra Mundial, o leite condensado e o brigadeiro vegano

A versão original do doce que viria a ser o nosso brigadeiro vegano não levava leite condensado, e sim o comum. Porém, em pouco tempo isso mudou. Isso porque o leite condensado é uma invenção do mesmo período (o original, não o vegano).

A Segunda Guerra Mundial criou um déficit enorme na importação de produtos essenciais para a elaboração de sobremesas. Portanto havia uma dificuldade em encontrar leite fresco e açúcar.

jarra com leite fresco

Para resolver esse problema, a Nestlé trabalhou na elaboração do condensado, que viria a ser o principal ingrediente da receita. Aliás, acredita-se que a inclusão do ingrediente tenha sido um fator decisivo para a popularização do doce.

Graças a isso, hoje temos a possibilidade de criar diferentes versões para esse alimento, inclusive a de brigadeiro vegano – que você poderá fazer agora. Aproveite!

Brigadeiro vegano

Ingredientes
  

Brigadeiro:

  • 1 porção de leite condensado vegano
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó
  • 1/4 de xícara de chocolate
  • 1 pitada de sal

Leite condensado vegano:

  • 1 xícara de leite vegetal em pó (pode ser de soja ou de coco)
  • 3/4 de xícara de açúcar demerara
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco já derretido
  • 1/4 de colher de chá de sal
  • 1/2 xícara de água quente

Instruções
 

Leite condensado:

  • Bata o leite vegetal e o açúcar demerara em um liquidificador até misturar bem os dois.
  • Depois, adicione o restante dos ingredientes e bata até obter uma mistura homogênea.
  • Reserve.

Brigadeiro:

  • Coloque todos os ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo médio até que a mistura desgrude do fundo facilmente e esteja homogênea.
  • Desligue o fogo, mova a mistura para um recipiente e deixe esfriar um pouco para engrossar.
  • Utilize óleo de coco ou creme vegetal para enrolar o brigadeiro na mão.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Panqueca de abobrinha: receita gostosa e saudável para você

Que tal uma panqueca de abobrinha bem levinha e saborosa para comer a qualquer hora do dia? Se você está procurando uma receita bem simples e cheia de nutrientes…

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Canjica zero açúcar: cremosa e saudável

Hoje, eu trouxe para você esta deliciosa canjica zero açúcar para saciar a fome e não fugir da dieta. Prato tradicional da nossa Festa Junina, comer um canjiquinha quentinha…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…