Papinhas do Joaquim na prática: como eu preparo

Introdução alimentar

papinhas do Joaquim

Hoje, eu vim mostrar para vocês como eu preparo as papinhas do Joaquim na prática. Ele começou se alimentar aos 6 meses. Comia frutinhas raspadas, amassadas e cozidas. Nesse sentido, um cuidado que eu tinha era o de introduzir uma por semana. Desse modo, eu verificava possíveis reações alérgicas.

Inclusive, é normal que o bebê demonstre mais simpatia por alguma fruta. Ou até não entenda muito bem o que é aquele alimento diferente do leite, não aceitando muito bem. No entanto, insista em apresentar. Isso porque é tudo novo para ele. Então, é normal que alguns aceitem enquanto outros precisam de um pouquinho mais de insistência neste momento.

Aliás, nós todos temos um pouco de dificuldade com o novo, é natural. Depois de o bebê entender e aceitar o novo alimento, nós iniciamos a introdução de papas mais compostas: frutas amassadinhas, raspadinhas ou cozidas + cereal (aveia, arroz integral, quinoa…) + 1 colher de chá de azeite.

O Joaquim adorou esta fase! Sua papa predileta até hoje é a composta por peras assadas com mingau de aveia!

As papinhas do Joaquim na prática: as salgadas

Junto com as papas doces, começamos a oferecer as papas salgadas. Dessa forma, iniciei com raízes cozidas e amassadinhas. Também adicionei folhas refogadas. Assim, conforme havia aceitação, começamos a adicionar outras partes das plantas. Desse modo, a composição final consiste em: flor, folha, raiz, fruto e caule.

Portanto, pense na papinha como a totalidade de uma planta. Ou seja, deve conter todas as partes. Dos 9 aos 11 meses, introduzimos nas papinhas do Joaquim as leguminosas. Primeiro amassadinhas e em seguida em grãos inteiros.

Respeite o tempo natural do seu filho

No entanto, é preciso ressaltar que respeitei o tempo natural do meu filho. Então, usei as idades definidas para introdução. Além disso, tive paciência com as idas e vindas de vontades, apetites e aceitação. Comecei com as frutinhas pela manhã. Depois, introduzi o almoço e, em seguida, o café da tarde. Aos 9 meses, a janta.

Tive que insistir e apresentar de outras formas alguns alimentos. Às vezes, o bebê não gosta de um certo alimento em formato de purê e gosta em pedaços assados. Portanto, nunca deixe de lado alguma coisa que ele rejeitou. Afinal, ele pode estar em um dia ruim. Ou a forma apresentada não bateu com a expectativa dele.

Então, tente dos mais variados jeitos. Use a imaginação, temperos naturais… Apresentação é importante! Cada bebê é único! Sinta seu bebê!

A preparação das papinhas do Joaquim na prática: dicas importantes

Quando iniciar a introdução de cereais, ofereça ainda mais água! Prepare com amor! A sua energia vai diretamente para o prato do seu filho! Comecei com raspinhas de fruta até chegar aos pedaços na mão dele. Purezinhos de tubérculos até a papa composta por diversos ingredientes e formas de cocção.

Respeite sempre o tempo natural do organismo, demora um tempo para cada transição! Acredito que alimentar não é só nutrir. Gosto de pratos coloridos, de misturar texturas diferentes. O prato do Joaquim depois dos purês sempre teve alimentos de diversas texturas, formatos e cores. O paladar do bebê está se formando e não precisa que sempre tenha cor, sabor e textura iguais.

E por aí, já começou a introdução alimentar? Quais são suas dúvidas? Qual é o prato de que seu bebê mais gosta? Quero saber de você também! Quer ideias de receitas para as crianças? Confira essas:

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

6 respostas

  1. Pingback: As papinhas do Joaquim - Introdução Alimentar
  2. Sabe que não tenho bebê, mas adorooooooooooooo painço ??
    rsrsrs, quando eu conto as pessoas me olham assim, de soslaio sabe ?
    Tipo : Meu Deus, estou falando com um passarinho ?? rsrsrs
    Adoro, além de nutritivo me faz um bem danado !

    Estou fazendo um intensivão e conhecendo os blogueiros do encontro !!! Assim não fico tímida, srrrsrs

    Bjus 1000 e até sábado

    1. Liaaaaaa, que delicia que iremos nos conhecer!
      Vai ser sensacional!
      Meu passarinhozinho tbm ama! E eu depois dele aprendi amar! O sabor leve e amendoado é sensacional!
      Obrigado por sua visita!!!
      Um monte de beijos!

  3. Pingback: As papinhas do Joaquim – Introdução AlimentarA Casa Encantada | A Casa Encantada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receitas pra você

Salada de lentilha: rápida e super saborosa!

A salada de lentilha é uma das refeições mais nutritivas e rápidas de preparar, por isso, está entre as receitas queridinhas de quem gosta de se alimentar bem. Então,…

Receita de salada de repolho com maionese ou Coleslaw

Você já fez uma salada de repolho com maionese? Procurando o acompanhamento perfeito para uma carne de porco? Ou um recheio fresco para seu lanche? Fique aqui e aprenda…

Canjica zero açúcar: cremosa e saudável

Hoje, eu trouxe para você esta deliciosa canjica zero açúcar para saciar a fome e não fugir da dieta. Prato tradicional da nossa Festa Junina, comer um canjiquinha quentinha…

Receita de bolo de cenoura com cobertura de brigadeiro — fofinho!

Quer saber como fazer um bolo de cenoura digno de lamber os dedos? Aqui na Casa Encantada temos essa receita que é maravilhosa e super fácil de fazer. Seja…

Como fazer geleia de morango caseira

Quem aqui já provou e notou a diferença de uma boa geleia de morango caseira? Esta receita de geleia caseira facílima leva apenas 3 ingredientes: morangos maduros, açúcar e…

Como fazer maionese caseira em 1 Minuto [VÍDEO]

A receita de Maionese Caseira, como as de hamburguerias artesanais, é uma obrigatória para quem gosta de cozinhar! Aliás, esta versão rápida da Cassis do blog Cozinha Legal é para…