Mistura brasileira: bolinho de arroz e feijão!

bolinho de arroz e feijão

O bolinho de arroz é uma tradição em toda casa brasileira. Afinal, é a melhor coisa que poderia acontecer com as sobras do dia anterior. Mas que tal aproveitar também outra sobra da geladeira e fazer um bolinho de arroz e feijão?

Sendo assim, além de evitar desperdício, hoje vamos transformar o prato mais popular da culinária brasileira – o arroz com feijão – em um saboroso petisco para ser servido não só no almoço ou no jantar, mas também naquele happy hour.

Mil recheios para o bolinho de arroz

Para preparar a receita tradicional, você precisa apenas de arroz cozido, ovo, farinha de trigo, leite e temperos à sua escolha.

Porém, reinventar e trazer diferentes elementos para incrementar um bolinho de arroz simples é sempre bom. Além disso, não só traz uma sensação de novidade para a mesa como também adiciona mais sabor.

Aliás, apesar de o bolinho frito ser popular, é possível fazer o bolinho de arroz assado ou na airfryer!

Dentre os recheios, tem calabresa, queijo, quatro queijos, presunto e queijo, carne seca, frango, pernil e espinafre. Hoje, vamos adicionar aquele feijãozinho preto, já temperado, para dar um toque mais do que especial.

bolinho de arroz e feijão
Misturar sobrar e criar um petisco saboroso. Essa é a ideia do bolinho de arroz e feijão. (Reprodução)

Tudo começa com o arroz

Não há como falar de bolinho de arroz sem mencionar seu ingrediente principal, não é mesmo?

Foram os árabes que difundiram o arroz no Ocidente. Além de o nomearem desta forma, eles também criaram plantações do alimento na Espanha. Aliás, de lá, foi levado à Itália e à França e ficou popular na Europa. Mais tarde, chegou ao Brasil por meio dos portugueses.

Afinal, o bolinho de arroz é italiano ou árabe?

Acredita-se que o bolinho de arroz preparado pelas nossas avós seja descendente do arancino, a versão italiana do nosso prato.

Porém, é preciso destacar que, na época, entre os séculos 9 e 11, a região em que o arancino foi inventado era dominada pelos árabes. Um hábito comum era enrolar arroz e açafrão na mão e temperar com carne de carneiro.

Até hoje, as duas maiores cidades da Sicília, Palermo e Catânia, disputam o título de inventora da receita. Ao longo do tempo e dependendo da região, perde ou ganha o queijo como ingrediente.

Há ainda quem diga que, na verdade, o bolinho de arroz brasileiro tenha ascendência portuguesa. No entanto, a História indica que a Itália tenha levado a receita para toda a Europa. Portanto, o arancino seria o bisavô de ambas as receitas.

Os bolinhos de arroz siciliano

Os famosos bolinhos de arroz sicilianos geralmente são recheados com carne, molho a bolonhesa, espinafre e manteiga. Há também quem acrescente berinjela e tomate.

O bolinho nipônico

O bolinho de arroz japonês pode até ser um ancestral do nosso bolinho. Principalmente pela idade do prato, que remete aos tempos de dinastia e samurais.

Mas, até hoje, não foi possível encontrar nenhum indício que aponte a relação entre as duas receitas.

Os soldados e samurais consumiam muito o bolinho nipônico, principalmente pela facilidade de transporte, que na época ocorria dentro de bambus. Outra curiosidade é que a ingestão acontecia até mesmo durante as batalhas.

A única semelhança entre esta e a receita brasileira e italiana é o fácil preparo. De resto, o bolinho de arroz japonês possui um furo no meio e geralmente leva algas em seu recheio.

bolinho de arroz e feijão
A versão japonesa é bem diferente da nossa. (Reprodução)

Bolinho tupiniquim

Já o bolinho de arroz e feijão? É uma criação bem brasileira, assim como o bolinho de feijoada com couve, que quero ensinar em breve por aqui.

Esta receita que ensino agora vai ao forno e não contém glúten, pois fazemos a liga dos ingredientes apenas com um pouco de farinha de mandioca. No entanto, se a ideia é inovar, você também pode adicionar pedacinhos de linguiça, bacon e um toque de coentro. Vamos lá?

bolinho de arroz e feijão

Bolinho de arroz e feijão

Ingredientes
  

  • 2 xícaras de arroz branco cozido
  • 2 xícaras de feijão preto cozido, sem caldo, já temperado
  • 2 colheres de sopa de cebolinha
  • 3 colheres de sopa de farinha de mandioca
  • 1 ovo

Instruções
 

  • Bata 2 xícaras de feijão preto cozido e sem caldo no processador ou no liquidificador até formar uma pasta.
  • Adicione 2 xícaras de arroz branco cozido e bata mais um pouco.
  • Adicione 1 ovo e misture tudo até formar uma massa homogênea.
  • Adicione um pouco da farinha de mandioca apenas para dar o ponto.
  • Faça as bolinhas.
  • Para empanar, passe os bolinhos na farinha de mandioca que sobrou.
  • Se estiver muito mole, leve à geladeira por 20 minutos.
  • Pré-aqueça o forno a 180 °C.
  • Asse dos dois lados por 20 minutos ou até dourar e sirva.

Video

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Panqueca de abobrinha: receita gostosa e saudável para você

Que tal uma panqueca de abobrinha bem levinha e saborosa para comer a qualquer hora do dia? Se você está procurando uma receita bem simples e cheia de nutrientes…

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Canjica zero açúcar: cremosa e saudável

Hoje, eu trouxe para você esta deliciosa canjica zero açúcar para saciar a fome e não fugir da dieta. Prato tradicional da nossa Festa Junina, comer um canjiquinha quentinha…

O que é yakisoba? Aprenda tudo sobre esse prato delicioso!

O yakisoba é um prato muito popular na culinária japonesa, e significa literalmente “macarrão frito em molho”. É um prato feito com macarrão refogado com legumes e proteínas, temperados…