Milkshake de Ovomaltine para qualquer hora!

milkshake

Apesar de o inverno estar chegando, resistir a um bom milkshake de Ovomaltine não é uma tarefa fácil. Independentemente da temperatura que está fazendo lá fora, é um paraíso para o nosso paladar. Ainda mais se feito no capricho; ou seja, doce na medida certa, areado e denso.

No entanto, essa bebida que tanto amamos hoje teve de percorrer um longo caminho. Sua receita de origem não tem sequer um ingrediente em comum com o milkshake que conhecemos.

Bateu a curiosidade? Então, vamos fazer uma pequena viagem no tempo.

Origem alcoólica

Em 1885, a palavra milkshake apareceu na imprensa pela primeira vez. E não era para se referir à famosa receita de Ovomaltine. Na verdade, o termo falava de uma bebida feita com whisky e ovos.

Foi somente por volta de 1900 que ela começou a se parecer com o que conhecemos hoje. Porém, composta apenas de xarope de chocolate, ainda estava incompleta.

Aos poucos, as pessoas começaram a pedir que se acrescentasse sorvete. Desse modo, ela foi aos poucos se popularizando.

Em 1930, o milkshake começou a vislumbrar a fama. Isso porque ele se tornou a opção mais pedida nas “Malt Shops”, lojas que eram o ponto de encontro de estudantes na época.

Esses locais eram comuns principalmente nos Estados Unidos e no Canadá. Conhecidos por suas fontes de refrigerante, aos poucos, foram se adaptando ao milkshake.

O milkshake e a invenção do liquidificador

O milkshake deve sua fama a uma outra invenção que foi extremamente necessária: o liquidificador elétrico. Sem ele, sua textura era similar à de uma vitamina.

Logo, o aspecto denso só foi incorporado quando a companhia Hamilton Beach criou o batedor Cyclone Drink Mixer, que levava motor no topo.

Inclusive, esse design diferente continua sendo popular na produção de milkshake até os dias de hoje.

O sorvete e o refrigerador

Bom, já sabemos que o liquidificador assessorou a fama do nosso milkshake. Mas como foi que ele iniciou sua conquista mundial?

Na verdade, a resposta é bem simples. Foi por meio de outra invenção elétrica: o refrigerador.

O liquidificador deu ao milkshake uma textura mais areada e espumada, mas ainda faltava densidade – que só foi possível quando o sorvete ganhou o status de ingrediente. No entanto, isso ocorreu apenas a partir da invenção dos refrigeradores a gás freon, responsáveis pelo seu armazenamento e conservação. Assim surgiu o milkshake que conhecemos.

milkshake

Milkshake do McDonald’s

Com todas essas inovações, o sucesso foi tão grande que, em 1936, ele inspirou mais uma invenção: o multiprocessador. Criada por Earl Prince, a máquina era capaz de fazer cinco milkshakes por vez.

A partir disso, a novidade foi a porta de entrada da bebida aos fast-foods. Dairy Queen, uma rede de restaurantes americana com foco em sorvetes, bolos e cheesecakes, foi a primeira rede a adicionar iguaria ao cardápio, em 1949.

Na década de 1950, Ray Kroc, que viria a ser o dono do McDonald ‘s mais tarde, comprou os direitos de exclusividade do multiprocessador para aumentar a produção de milkshakes na rede, tornando-os famosos no mundo todo – e agora essa delícia chega à sua casa. Aproveite!

Milk shake de Ovolmaltine

Ingredientes
  

  • 6 bolas de sorvete de baunilha
  • 4 colheres de sopa de Ovomaltine
  • 100 ml de leite gelado
  • Calda de chocolate a gosto

Instruções
 

  • Bata no liquidificador o sorvete de baunilha, o Ovomaltine e o leite gelado.
  • Sirva em um copo alto, decorado com calda de chocolate.
  • Polvilhe um pouco mais de Ovomaltine por cima da bebida e sirva.

Video

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da Receita?




Receitas pra você

Torta de carne moída com vegetais de forno

Pare tudo o que você está fazendo e vai abrir a sua geladeira! Eu aposto que tem pequenas sobras de batata, cenoura, abobrinha,  e um pouco de carne moída…Aliás,…

Sopa de cenoura com gengibre para dias cansativos

Sabe aquelas semanas que parecem nunca chegar ao fim e tudo o que você precisa é de uma comidinha gostosa quando chega em casa? Então, para quem precisa de…

Limonada suíça com leite condensado

Já dizia minha mãe, e acredito que muitas mães por aí: “se a vida der limões, faça uma limonada!”. Tudo bem, a gente faz… Mas, também não há nenhum…

Fondue de carne com quatro dicas de molho!

Fondue de carne, queijo ou chocolate? Difícil mesmo é escolher um só! Hoje eu trouxe uma versão mais prática da receita, que pode ser feita em casa, com ou…

Arroz de forno para ninguém botar defeito

Às vezes, a cozinha demanda um pouco de criatividade. Principalmente quando o objetivo é não desperdiçar alimentos. Pensando nisso, hoje eu trouxe um arroz de forno especial. Que o…

Rocambole de carne moída de 4 ingredientes!

O fim do ano está chegando e, junto dele, a necessidade de aumentar o repertório de receitas práticas e saborosas para levar nas festas e encontros de amigos e…