Seleta de legumes e feijões: como congelar?

seleta de legumes
seleta de legumes

Desde que comentei sobre as refeições congeladas e sobre congelamento de macarrão aqui no blog, percebi que assim como eu, muita gente tem necessidade de agilizar as refeições da semana de alguma forma! Sexto dia após a feira está lá na geladeira aquela cenoura mirradinha e um restinho de brócoli meio amarelado. Nada disso me entristece mais. Além disso, odeio desperdício de comida. Me dói o coração jogar fora vegetais.

Mesmo que eles não estejam lá aquelas coisas. Mas, encontrei solução para isso. Aliás, resolve vários problemas do meu dia-a-dia como desperdício de comida, de dinheiro, de tempo e falta de vontade/criatividade na cozinha. Normalmente, nossas refeições em casa tem como base arroz, feijão, algum tipo de legume e saladas. Ou alguma massa. O prato principal varia, carne, frango, peixe, ovos, ou até algum legume mais substancioso.

Com base nisso, planejo as refeições que podem ser congeladas no final de semana.

Como otimizar o preparo das seletas congeladas e leguminosas

Na sexta-feira à noite:

Já deixo de molho alguns feijões ou leguminosas. Gosto de variar e ter pelo menos dois tipos diferentes de feijões. Em segundo lugar, calculo 1 xícara de feijão cru para cada 2 refeições (1 xícara para minha família de 2 e 1 pequeno rende almoço e jantar) como planejo 5 dias de almoço e jantar demolho pelo menos 5 xícaras variadas. Aliás, esta semana fiz 2 de feijão preto, 1 de carioquinha, 2 de feijão branco.

No sábado:

Acordo e junto com o café da manhã já vai para a panela um dos feijões com o tempero para feijão  e sem sal. O sal acentua muito após congelado. Prefiro temperar e adicionar um refogado quando descongelo.

No domingo:

É dia de hortifruti. Frequento um hortifruti que faz pacotes com preços especiais no domingo perto do horário de fechamento. Não abrem na segunda e para evitar perder eles fazem esta liquidação. Ou seja, alguns já estão machucadinhos e perto de estragarem, mas para quem faz a seleção e higienização no dia vale muito a pena!

Chegando em casa, já coloco uma panela grande com água para ferver. Lavo, descasco e corto em cubos os legumes. Preparo um banho maria invertido em um bowl que nada mais é que água fria com gelo, lavo e higienizo as folhas para salada e coloco para escorrer. Quando secas, já coloco em saquinhos plásticos com 1 folha de papel absorvente e levo a geladeira.

Levo legume por legume na água quente para branquear. Dado o tempo transfiro com uma escumadeira para o banho maria frio. Após resfriá-lo por completo transfiro para um escorredor de massa. Faço isso com todos os legumes cortados e normalmente após escorrer a agua junto para preparar a seleta.

Se você preferir pode congelar cada tipo separado. Primeiramente não misture tudo. Após o legume escorrido leve em uma assadeira descoberta para o freezer por 4 horas. Nesse sentido, não amontoe. Se preciso, divida em mais de uma assadeira.

Depois, transfira para saquinhos de congelamento. Este processo de congelar aberto faz com que principalmente os legumes não grudem um ao outro (se tiverem espaçados). Sem contar o rápido congelamento que é importante para conservar a umidade dentro do alimento.

Como armazenar a seleta

Costumo colocar em sacos zip. Ou seja, retiro a quantidade que quero e volto o restante ao freezer. Sendo assim, você pode fazer as combinações que bem entender durante a semana. Inclusive, mesmo preferindo fazer a seleta completa não faço o processo de branqueamento em todos os legumes misturados. Cada um tem o seu tempo.

Algumas dicas importantes:

Assim que der o tempo na água fervente colocar imediatamente na água fria com gelo para desacelerar o cozimento. Vá adicionando mais gelo na medida que você perceba que a água vai amornando. Depois, retire os legumes resfriados e transfira para um escorredor de macarrão para secar. 

Depois de secar, adiciono as quantidades certas que vou consumir por refeição e coloco nos saquinhos. Assim, é só retirar do freezer e utilizar nas mais diversas preparações.

O que tem na minha seleta de legumes?

Abóbora Cabotchá em pedaços: não precisa de branqueamento, congelar crua. Abobrinha, ervilhas frescas, ervilha torta, mandioquinha, pimentão, repolho: 1-2 minutos de branqueamento em água fervente. Mandioca em pedaços, batata doce em pedaços, brócolis, cenoura, chuchu, couve-flor, milho verde, vagem, salsão, alho poró: 3 minutos de branqueamento.

O que não entra na minha seleta de legumes congelada?

Primeiramente, legumes com alto teor de água não congelam tão bem. Alguns exemplo deles: Folhas de alface, pepino, rabanete, todos estes tendem a perder a textura quando descongelados. Nesse sentido, minha panela elétrica de arroz possui um compartimento para cozinhar legumes no vapor. Mas, nada impede que você faça os seus cozidos na água. Fica ótimo da mesma forma!

Depois da seleta congelada faço as variações:

  • Adiciono a seleta a ovos batidos e tenho uma ótima omelete;
  • Um fio de azeite na frigideira, cebola em cubinhos e um pouquinho de shoyu já dá um toque especial;
  • Na manteiga com alho;
  • Com uma massa bem gostosa e queijo;
  • Na forma de salada, temperado com azeite, pimenta do reino e limão;
  • Canela, noz moscada e pimenta síria dão um toque bem diferente e delicioso;
  • Sopa! Com feijão, macarrão, caldo de galinha.

As possibilidades são infinitas! Portanto, utilize sua criatividade.

Carne moída com legumes congelados

Tenho um filhotinho de 1 ano e 8 meses. Então, no sábado, quando vou congelar os feijões deixo sempre algum restinho que não completa um pacotinho na geladeira. Às vezes, restinhos de vários feijões diferentes. No domingo, pego um punhado de legumes já cortados, refogo com um pouco de cebola e alho na panela de pressão.

Depois, adiciono agua e o caldinho do feijão. Então, fecho por 15 minutos após a pressão. Depois, adiciono os feijões cozidos e uma xícara de macarrão curto. Espero o tempo do cozimento do macarrão (o ideal é 1 minuto a menos que al dente), resfrio e congelo em pequenas porções.

Inclusive, nos dias mais frios descongelo e tempero para uma refeição do Quim. Ele ama de paixão esta sopa! Então, para o dia a dia faço o arroz e o prato principal, tempero o feijão congelado e os legumes e uma salada de folhas bem rica e isso me economiza muito tempo e dinheiro!

Seleta de legumes + cubos de peito de frango

Se você quer deixar tudo ainda mais prático, cozinhe peito de frango na água e sal. Então, guarde em saquinhos próprios para o congelamento. Portanto, quando quiser um almoço prático e rápido é só saltear na wok junto dos legumes congelados.

Qual a validade da seleta de legumes congelada?

Por fim, consuma primordialmente em 6 meses para conservar sabor, textura e cor dos legumes branqueados. De todo modo, a conservação se dá para até 1 ano. Assim, deixe preferencialmente seus pacotes etiquetados com data de fabricação e validade. 

Olá! Eu sou a Ariana Pazzini.

Eu criei esse blog para compartilhar receitas simples do dia a dia para famílias. Hoje em dia já não faço parte do blog porém as receitas continuam no meu coração.

Inscreva-se agora para obter as melhores receitas todas as semanas!

33 respostas

  1. Olá Ariana,
    Que bacana suas dicas. E eu que só descobri agora por puro preconceito com o congelamento de alimentos…
    Dicas valiosas que já vou colocar em prática. Obrigada por compartilhar.
    Abraços,

    1. Ai, que demais, Sara! Continue conferindo nossas novidades. Tem MUITA coisa legal! Obrigada pelo carinho!

  2. Pingback: Como Congelar Brócolis | A casa encantada
  3. Olá. Amei seu site. Estou mudando minha alimentação. Normalmente aqui em casa é arroz, feijão e alguma carne. Raramente legumes. Nunca fui de legumes, mas agora com uma filha. Resolvi q preciso mudar. A questão é q como não tenho este hábito, não sei combinar os sabores. Vc tem algumas sugestões de seletas ( combinações) para deixar prontas para a semana?

    1. Oi, Vivi! Gosto muito da combinação brócolis, cenoura e ervilha. Se sua filha não gostar muito de brócolis, troque por couve flor que é mais suave! Beijo

  4. Ariana boa noite!
    Que blog é esse hein?
    Não consigo sair daqui, uma dica melhor que a outra, uma receita melhor que a outra. Estou aprendendo tanto aqui que não pude deixar de comentar. Hoje mesmo já fiz os três tipos de frango, o purê de batatas com cenoura e já estou planejando para fazer outras coisas, virou quase que um manual da cozinha prática. Muito obrigada por dividir com a gente essa sua experiência e conhecimento tão ricos. Já sou sua seguidora.

    1. Que amor Marcele!
      Eu fico mega feliz, abri um sorrisão ao ler seu comentario! Obrigada! <3
      E volte sempre! Puxe uma cadeira, pegue uma xícara de café que a casa também é sua!

  5. Pingback: Preparado para congelar? Recipientes para congelamento sem mistério | A casa encantada
  6. Ola td bem ? Adorei suas dicas era o que eu estava procurando só fiquei com uma duvida . Quero começar a trabalhar com refeições individuais congeladas . Então gostaria de saber se posso estar temperando e salgando grãos e legumes. E como posso congelar o arroz e o macarrão E o pure de mandioquinha , batata doce. mandioca e batata inglesa tbm da pra congelar ? Muito obrigada

    1. Evelize, aqui no blog tem dicas de congelamento tanto para o arroz como para o macarrão, leguminosas pode temperar mas com um pouquinho menos de sal pois os sabores potencializam no congelamento, Purês de todos os tipos de batatas congelam bem, elas só perdem a textura quando cozidas e congeladas in natura ou só cozidas, o processamento para o purê ajuda no congelamento!

  7. Adorei suas dicas. Já faço algumas dessas dicas, mas o branqueamento a muito não faço. Agora em tempos de crise, vou voltar a fazer.
    Obrigada por recordar como se faz.

  8. Olá! Muito legal as suas dicas! Parabéns! Tenho pesquisado bastante sobre congelamento de alguns alimentos e tenho algumas duvidas… em vários lugares se fala sobre congelar alguns legumes utilizando o branqueamento… mas a minha dúvida é… quando eu descongelar um alimento que foi congelado dessa forma, ainda terei que cozinhá-lo? Será que já não posso cozinhá-los cozidos para depois somente descongelar, no micro-ondas, por exemplo, e já comer?

    1. Flávia ele perde um pouco da dureza no processo de congelamento, você pode fazer o branqueamento e comer ele como descongela, não vai ficar cru como quando entrou ao freezer, vou te contar a forma que congelo pronto, branqueio, passo na frigideira com um pouco de azeite e temperos, espero esfriar e congelo, ele não fica super molinho como quando cozidos mas depois de descongelado perdeu um pouco a rigidez das fibras e fica otimo!

  9. Oi Ariana, adoro seu site, espero um dia chegar a esse nivel de saber utilizar os alimentos como vc, e a ter uma geladeira organizada como a sua. Vc é 10!!!! Gostaria de saber, no caso do brocolis, pra utilizar durante a semana como faço? Pq o meu sempre perde na geladeira. Muito obrigada e parabens…..

    1. Isa, eu também estava cansada de perder legumes na geladeira quando dei a volta por cima e comecei congelar!
      O brocolis eu cozinho por 3 minutos em água fervente, transfiro depois disso para agua bem gelada, seco e congelo, dai é só retirar do freezer e fazer um molho branco ou passar na frigideira com azeite é alho q ficam ótimos!

  10. OI Ariana, amei seu post, já tentei congelar alimentos mas já os congelava cozidos, tai a diferença pq não dava certo. E quando da utilização dos mesmo eu não descongelo, já coloco direto em agua fervente correto? Essa técnica serve tbm para mandioca e batata inglesa?

    1. Oi Claudia!Que bom ajudar! Isso mesmo!Eu cozinho no vapor, já coloco no cestinho congelado!Ou em algum cozido, direto do freezer para panela! No caso da mandioca, ela leva um tempinho mais que alguns vegetais para cozinhar, então congelo crua já cortadinha para ir direto para a panela de pressão, mas evito incluir ela na seleta se não Alguns vegetais desmancharão para que ela chegue ao ponto. Batata Inglesa já vi que muitos sites americanos congelam ela também, eu em todos os testes que fiz (crua, branqueada, um pouquinho cozida…) não tive um bom resultado, só congelo em forma de purê que fica ótimo!

  11. Adorei sua proposta para facilitar o dia a dia na cozinha e ainda alimentar de maneira saudável. Gostaria de saber a maneira correta para usar a embalagem zip, nao fica cheia de ar?

    1. Ahh que bom que gostou Odete! Eu retiro o máximo de ar que consigo Odete, acomodo o alimento dentro e retiro o ar pressionando e só depois fecho! O ideal mesmo seria ter aquelas vacobag, que fecham com a maquina de vácuo, mas os saquinhos quebram um galho! Beijos!

  12. Que maravilha! Mas o processo de branqueamento serve para que? Não basta só lavar e congelar? (desculpa a pergunta, sou recém-casada e tenho muita coisa a aprender kkkkk)

    1. Jessica, eu também tive todas estas dúvidas quando comecei!
      Este branqueamento auxilia que os vegetais não percam a característica ao serem congelados, se colocar direto ele pode perder cor, textura, sabor, por isso a importância de dar esta escalfada e frear o cozimento! Espero ter ajudado com sua dúvida! ?

  13. Pingback: 7 dicas para tornar o freezer o herói da sua cozinhaA casa encantada | A casa encantada
  14. Ótimo isso de desmistificar o uso de alimentos congelados. Se temos tecnologia para preservar alimentos, pq. demonizá-las? Sou vegetariano e uso regulamente alimentos congelados sem culpa e sem problemas: facilitam a vida e agilizam o movimento do dia a dia. Parabéns.

    1. Paulo que maravilha receber seu comentário! Compartilha da mesma opinião que eu!
      Acredito que perdemos menos em nutrientes que se ligar para algum delivery e pedir algo cheio de sintéticos!
      E sobre ser vegetariano, um dia chego lá! rs Diminuímos drasticamente o consumo de carne aqui, e diferente do que pensávamos não faz falta e nos aguça a criar pratos sem carne! Muito obrigado pela visita e pelo comentário!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receitas pra você

Filé de peixe na Air Fryer: rápido, saudável e delicioso!

Os filés de peixe costumam ficar muito mais saborosos e com uma textura mais agradável quando são fritos. Contudo, com a nossa preocupação com a saúde, é válido buscar…

Panqueca de abobrinha: receita gostosa e saudável para você

Que tal uma panqueca de abobrinha bem levinha e saborosa para comer a qualquer hora do dia? Se você está procurando uma receita bem simples e cheia de nutrientes…

Carne seca com abóbora: receitas de dar água na boca

A combinação de carne seca com abóbora é muito famosa na culinária, afinal, essa mistura é muito saborosa e vai bem em muitos pratos diferentes, desde entradas, pratos principais,…

10 molhos para petiscos e porções: opções deliciosas!

Os molhos fazem toda a diferença quando estamos apreciando uma deliciosa porção, não é mesmo? Em lanches e salgados, como um saboroso Shawarma ou uma bela esfirra de carne…

Aprenda a fazer Shawarma, o famoso prato grego

O Shawarma é uma receita que já ganhou o coração dos brasileiros. Seja como comida de rua, prato de um restaurante ou até uma receita caseira, esse sanduíche é…

Canjica zero açúcar: cremosa e saudável

Hoje, eu trouxe para você esta deliciosa canjica zero açúcar para saciar a fome e não fugir da dieta. Prato tradicional da nossa Festa Junina, comer um canjiquinha quentinha…